O Grêmio conseguiu uma virada incrível e estreou com vitória na Copa do Brasil, diante do River Plate do Sergipe, por 3 a 2, nesta quarta-feira, no Estádio Lourival Baptista. Depois de estar perdendo por 2 a 0, o time gaúcho diminuiu aos 22 minutos do segundo tempo, e conseguiu o empate e a vitória nos acréscimos.

O resultado positivo, no entanto, não eliminou a partida de volta, já que não foi por dois gols de diferença. Assim, as duas equipes voltarão a se enfrentar no dia 21 de março, no Olímpico, quando o time gaúcho terá a vantagem de poder perder por um gol de diferença desde que o placar seja menor que 3 a 2.

O River Plate começou melhor, jogando no campo de ataque, enquanto o Grêmio só levava perigo em chutes de fora da área. Assim, o time da casa conseguiu abrir o placar aos 42 minutos do primeiro tempo, com Almir Sergipe, que driblou Naldo e bateu forte, cruzado.

Logo na volta para o segundo tempo os anfitriões ampliaram, de novo em falha de Naldo. Ele saiu jogando errado e entregou a bola no pé de Jonathan, que cortou para o pé direito e bateu no ângulo, sem chances para Victor.

Quando o drama gaúcho aumentava, foi a vez da defesa do River Plate errar. Depois de cruzamento da esquerda, o zagueiro Fernando Belém se atrapalhou e tocou contra a própria meta. Nove minutos depois, Bebeto, do time sergipano, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um jogador a mais, o Grêmio foi para cima e levou perigo com Kléber, aos 42 minutos. Três minutos depois, ele mesmo empatou, depois de receber passe dentro da área e chutar de esquerda. Já aos 48 minutos, o argentino Facundo Bertoglio aproveitou sobra de bola e marcou seu primeiro gol com a camisa do time gaúcho, selando o 3 a 2.