Porto Alegre – A diretoria do Grêmio recusou ontem uma proposta feita pelo Lokomotiv Moscou, da Rússia, para contratar o volante Lucas, de 20 anos, capitão e um dos principais jogadores da seleção brasileira sub-20 na conquista do Sul-Americano da categoria, no último domingo.

Com isso, o jogador permanecerá na equipe para a disputa da Copa Libertadores. ?Continuaremos a conversar com quem tiver interesse no futebol do Lucas?, explicou o presidente do Grêmio, Paulo Odone. ?Mas nós queremos que o jogador participe da Libertadores. Portanto, ele ficará conosco pelo menos até o final da competição.?

O principal motivo para o fracasso da negociação foi o fato de os russos quererem a apresentação imediata de Lucas. A exigência desagradou ao próprio jogador, que já havia demonstrado interesse em disputar a Libertadores com a camisa do Grêmio. Pelo mesmo motivo, o Tricolor já havia recusado uma proposta do Atlético de Madrid – clube que já foi defendido por Leivinha, ex-atacante do Palmeiras e tio de Lucas.