O Grêmio segue dando continuidade ao processo de reformulação de seu elenco, após o primeiro semestre decepcionante. Nesta terça-feira, o clube promoveu uma das principais promessas de suas categorias de base, o jovem Yuri Mamute, de apenas 16 anos. Também anunciou a saída de Vinícius Pacheco, que não estava sendo aproveitado.

Yuri leva o apelido curioso por conta do seu porte físico, avantajado para um jogador de área. Chega ao grupo profissional pouco depois de completar 16 anos e assinar seu primeiro contrato profissional. “É uma adaptação, um teste. Se eu gostar dele, ou melhor, do futebol dele, ele vai ficar. Ele tem todo o porte para ser um bom atacante, vamos ver nos jogos-treino como ele vai se sair”, explicou Renato Gaúcho.

O jovem chega para ocupar o lugar deixado por Vinícius Pacheco, que estava emprestado ao Grêmio e voltou ao Flamengo para depois se transferir ao Estrela Vermelha, da Sérvia, recomendado por Petkovic. A equipe gremista receberá uma compensação financeira pelo acordo rompido pelos cariocas.

Pacheco é o sétimo jogador a deixar o Grêmio desde a eliminação na Libertadores. Antes, saíram Carlos Alberto, Borges, Romário, Maylson, Busatto, e Gilson. Os três últimos seguem ligados ao clube e foram emprestados para terem a chance de jogar e mostrar talento. Em compensação, chegaram Gilberto Silva, Miralles, Marquinhos e Rodrigo Sabiá.

Atualmente o elenco conta com 34 jogadores, já contando Yuri. Renato Gaúcho pretende trabalhar com cerca de 30.