Rio – Pedra na chuteira do Flamengo no retrospecto histórico da Copa do Brasil, o Grêmio se encontra novamente no caminho do clube carioca na competição. O duelo de ida pelas quartas-de-final acontece hoje,   21h45, em Porto Alegre, e os dois técnicos fazem mistério para não dar armas ao rival.

“Pensei em fazer mudanças, mas isso só será definido na concentração. Os jogadores serão os primeiros a conhecer a escalação”, afirma Abel Braga, que só confirmou a volta do volante Douglas Silva, recuperado de lesão, no lugar de Robson.

O colega Adílson Batista acenou com a possibilidade de colocar o ala esquerdo Léo Inácio na vaga de Michel Bastos, mas a dúvida persistirá até a hora da partida. O Grêmio tem a seu favor o fator histórico, já que eliminou o Flamengo em quatro edições da Copa do Brasil, em 1989, 1993, 1995 e 1997 (na decisão), levando a pior somente em 1999.

“Nem isso nem o fato de o Flamengo ter sido goleado pelo Vitória no domingo nos traz vantagem. Precisamos respeitar o adversário e tentar a conquista de um bom resultado em casa, para poder jogar com mais tranqüilidade no Rio”, diz o treinador.

Ficha técnica
Local:
Olímpico. Horário: 21h45. Árbitro: Luciano Augusto Almeida (Fifa/DF).
Grêmio: Tavarelli, Marcelo Magalhães, Claudiomiro e Tiago Prado; Michel, Cocito, Leanderson, Luciano Ratinho e Michel Bastos (Léo Inácio); Marcelinho e Christian. Técnico: Adílson Batista.
Flamengo: Júlio César, Reginaldo Araújo, Henrique, Fabiano Eller e Roger; Da Silva, Douglas Silva, Ibson e Zinho; Felipe e Jean (Negreiros). Técnico: Abel Braga.

Outros jogos

Ainda pela Copa do Brasil o Palmeiras vai até Santo André enfrentar os donos da casa. O técnico Jair Picerni não poderá contar com o craque Pedrinho, que está contundido. O Corinthians, vivendo uma grave crise, recebe o Vitória que, com a dupla de ataque Obina e Edílson, vem fazendo bonito no Brasileirão. No Rio Grande do Sul, o duelo das zebras. O XV de Novembro, de Campo Bom, recebe o Palmas, do Tocantins.