O atacante Grafite foi o grande destaque na estreia do Wolfsburg pela Liga dos Campeões, nesta terça-feira. Disputando pela primeira vez a competição de clubes mais importante do mundo, o atual campeão alemão contou com três gols do brasileiro para vencer o CSKA Moscou por 3 a 1, em casa. A vitória deixou o Wolfsburg na liderança do Grupo B, com três pontos, mesma pontuação do Manchester United, que venceu o Besiktas por 1 a 0.

Na Volkswagen Arena, o show de Grafite começou aos 36 minutos do primeiro tempo. O também brasileiro Josué roubou a bola no meio-campo e tocou para Misimovic, que viu bem o atacante se deslocando para receber o passe. O jogador bósnio então enfiou para Grafite, que tocou com classe na saída do goleiro, por entre as pernas de Akinfeev. O segundo gol do ex-são-paulino saiu em cobrança de pênalti sofrido por ele mesmo, cinco minutos depois.

No segundo tempo, o Wolfsburg já procurava administrar a vantagem quando foi surpreendido pelo CSKA. O clube russo, que não conta mais com o técnico Zico, demitido na última quinta-feira, diminuiu o prejuízo aos 31 minutos. O atacante Guilherme, ex-Cruzeiro, serviu Dzagoev e o meia não desperdiçou, batendo cruzado na saída do goleiro. Grafite, porém, ainda faria o terceiro aos 41, ao dominar e girar com estilo na área, acertando o canto.

Na outra partida do Grupo B, o Manchester United foi a Istambul encarar o Besiktas, dos brasileiros Rodrigo Tabata e Bobô. Apesar da superioridade técnica, o time inglês teve dificuldade para vencer. O gol da vitória fora de casa só saiu aos 32 minutos do segundo tempo. O português Nani gingou na frente da marcação e encontrou espaço para o chute na área. O goleiro Arikan ainda espalmou, mas Paul Scholes marcou de cabeça no rebote.

Agora, as quatro equipes da chave voltam a campo pela Liga dos Campeões no próximo dia 30. O Manchester recebe o Wolfsburg, no duelo entre o atual campeão inglês e o alemão. Já o CSKA encara o Besiktas em Moscou, com ambos os times precisando da vitória para se reabilitar na competição.