O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu o Goiás com a perda de dois mandos de campo por objetos lançados no campo de jogo após a partida contra o Coritiba, há duas semanas. O julgamento ocorreu na tarde de terça-feira e, nesta quarta, o clube garantiu que o jogo diante do São Paulo, domingo, que pode rebaixar os goianos, ocorrerá com a presença de torcedores.

“O departamento jurídico do Goiás esclarece que cabe recurso da decisão e, mesmo se mantida, a punição determinada pelo STJD deverá ser cumprida apenas na temporada de 2016. O clube irá recorrer da decisão até a próxima sexta feira. Assim, a partida do próximo domingo, contra o São Paulo, contará normalmente com a presença de torcedores, sem qualquer risco de decisão contrária”, garantiu o clube.

Na terça, os Auditores da Segunda Comissão Disciplinar puniram o Goiás com multa de R$ 15 mil e perda de dois mandos de campo por não prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo do Serra Dourada na partida do dia 18 de novembro. O Goiás perdeu por 3 a 1 para o Coritiba e, após a partida, torcedores esmeraldinos arremessaram objetos na direção dos jogadores do Goiás e da arbitragem.

Com chances remotas de escapar do rebaixamento, o Goiás está vencendo ingressos para o jogo de domingo por até R$ 4, esperando casa cheia no Serra Dourada. Penúltimo colocado da tabela do Brasileirão, o time goiano tem apenas 38 pontos.

Para escapar da queda para a Série B, terá que vencer o São Paulo, que ainda briga por vaga no G4, e torcer por uma combinação de resultados. O time goiano só escapa se superar o rival paulista e se Avaí, Figueirense e Vasco forem derrotados nesta última rodada.

A partida também pode marcar a despedida oficial de Rogério Ceni dos gramados. O goleiro ainda se recupera de uma lesão e, se entrar em campo, fará sua última partida no futebol.