O Goiás terminou neste domingo sua participação no Campeonato Brasileiro com uma vitória por 4 a 2 sobre a Chapecoense, no Serra Dourada, em Goiânia. Com o resultado, o esmeraldino quebrou a sequência de quatro derrotas consecutivas, chegando aos 47 pontos e terminando na 12ª colocação. Os catarinenses, por sua vez, ficaram no 15º lugar, com 43 pontos.

Já livres do rebaixamento e sem qualquer objetivo nesta rodada final do Brasileirão, Goiás e Chapecoense fizeram um jogo sem grandes preocupações. No Goiás, o trio ofensivo Erik, Esquerdinha e Welinton Júnior era perigoso em jogadas de velocidade. A Chapecoense, por sua vez, veio para campo com apenas dois titulares e tinha dificuldades por causa da falta de entrosamento.

Apesar disso, foram os catarinenses que quase abriram o placar. Aos 6 minutos, depois de falha da zaga do Goiás, Bruno Rangel teve a chance, mas o goleiro Renan evitou o gol. Aos 14 minutos, porém, um contra-ataque rápido possibilitou ao Goiás marcar depois que Erik recebeu passe, entrou na área e, no meio de três adversários, chutou rasteiro.

Recuado depois do gol, o Goiás viu a Chapecoense pressionar. Aos 27, depois de cruzamento, Camilo escorou para o meio da área, e Abuda, de primeira, empatou o jogo. Acordado após sofrer o empate, o Goiás pressionou. Esquerdinha, em duas oportunidades, poderia ter colocado o esmeraldino na frente, mas desperdiçou. Aos 41, porém, ele serviu Welinton Júnior, que tocou na saída de Nivaldo para fazer o segundo dos goianos.

No segundo tempo, aos 14 minutos, o Goiás chegou ao terceiro em cobrança de falta do volante David. Pouco depois, aos 17, a Chapecoense diminuiu. Camilo foi derrubado na área e, na cobrança de pênalti, Bruno Rangel fez o segundo dos catarinenses.

Aos 23 minutos, Bruno Rangel teve a oportunidade de empatar o jogo. Depois de cruzamento, ele recebeu na área e, sem goleiro, chutou em cima do zagueiro. Depois de sofrer pressão da Chapecoense, o Goiás definiu a vitória aos 45 minutos, com mais um gol de Erik, que recebeu livre e finalizou com tranquilidade.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 4 x 2 CHAPECOENSE

GOIÁS – Renan; Tiago Real, Felipe Macedo, Pedro Henrique e Felipe Saturnino (Alex Alves); Rodrigo, David, Esquerdinha e Ramon (Danilo); Erik e Welinton Junior (Túlio). Técnico: Ricardo Drubscky.

CHAPECOENSE: Nivaldo; Ednei, Jaílton (Douglas Grolli), Danny Morais (Rafael Lima) e Jussandro; Wanderson, Abuda, Dedé, Hyoran (Nenén) e Camilo; Bruno Rangel. Técnico: Celso Rodrigues.

ÁRBITRO – Flavio Feijó de Omena (AL).

GOLS – Erik, aos 14, Abuda, aos 27, e Welinton Júnior, aos 40 minutos do primeiro tempo; David, aos 14, Bruno Rangel, aos 17, e Erik, aos 45 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Wellinton Júnior e Camilo.

RENDA – R$ 9430,00.

PÚBLICO – 1.768 pagantes.

LOCAL – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).