A alemã Julia Goerges está classificada para a final do Torneio de Auckland, na Nova Zelândia, que serve como preparação para o Aberto da Austrália, mas ainda não sabe quem enfrentará na decisão, pois o duelo entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a norte-americana Sloane Stephens precisou ser interrompido e adiado para este sábado em função da chuva.

Goerges, a número 50 do mundo, superou a austríaca Tamira Paszek, apenas a 172ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Para isso, foi praticamente soberana em seu serviço, tendo perdido apenas seis pontos nos sete primeiros games em que sacou. Depois, até teve o seu serviço quebrado uma vez, mas ainda assim garantiu a vitória sem maiores sustos.

Com o triunfo, Goerges se classificou para a sua primeira final de um torneio da WTA em quase quatro anos – a última havia sido em 2012, quando perdeu a decisão do Torneio de Dubai para a polonesa Agnieszka Radwanska. Em finais, o seu retrospecto indica dois triunfos em cinco duelos.

No entanto, Goerges terá que esperar até a manhã deste sábado (no horário local) para conhecer a sua adversária na decisão em Auckland. Stephens, a número 30 do mundo, liderava o primeiro set contra Wozniacki, a 17ª colocada no ranking, por 5/2 quando o duelo precisou ser adiado em razão da chuva em Auckland.