As atletas do Brasil estão fora do Mundial de Ginástica Artística, que está sendo realizado em Nanning, na China. Nesta segunda-feira, na conclusão das eliminatórias, o País acabou sendo eliminado tanto na disputa por equipes como no individual geral, com Daniele Hypolito, nas únicas provas que o Brasil abriu o dia ainda com chances matemáticas de classificação para a final.

Daniele Hypolito se apresentou no domingo, quando fez 53,339 pontos, fechando o dia no 17º lugar. Agora, porém, com a apresentação da outra metade das ginastas, ela encerrou a sua participação no individual geral apenas na 34ª colocação e, portanto, fora da final, pois apenas as 24 primeiras se classificavam para a disputa de medalha.

Na disputa por equipes, o desempenho do Brasil não foi melhor. A equipe somou 211,621 pontos, o que o deixou inicialmente na oitava colocação. Nesta segunda-feira, com a conclusão da disputa, ficou apenas na 16ª posição, com a equipe formada por Daniele Hypolito, Mariana Oliveira, Julie Kim Sinmon, Letícia Costa, Isabelle Cruz e Maria Cecília Cruz, em resultado ainda pior do que o 14º lugar de 2011.

De qualquer forma, a equipe brasileira ficou entre as 24 melhores do Mundial de Nanning e, assim, se garantiu no torneio de 2015, em Glasgow, na Escócia. Nesta competição serão disputadas oito vagas para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. No próximo ano, a equipe deve ter os reforços de Jade Barbosa, que se recupera de uma cirurgia no joelho, e também das promissoras Rebeca Andrade e Flávia Saraiva.

Entre os homens, o Brasil está garantindo na final por equipes, que será disputada nesta terça-feira. Sérgio Sasaki e Arthur Nory vão disputar a decisão do individual geral, Arthur Zanetti defenderá seu título mundial nas argolas e Diego Hypolito competirá no solo. Além disso, Sasaki também está garantido na final do salto.