Depois de participar do Torneio Vitaly Scherbo, na Bielo-Rússia, Victor Rosa deixou de ser o reserva imediato de Diego Hypólito nos Jogos Olímpicos de Pequim, devido a uma lesão no braço esquerdo. O acidente ocorreu enquanto o atleta executava os movimentos nas argolas, também chamado crucifixo.

Na última semana, o atleta foi internado no Hospital Vita Curitiba e passou por uma artroscopia seguida de uma tenodese do bíceps. O médico responsável pela cirurgia, o ortopedista Carlos Henrique Ramos, explicou que foi necessário realizar as duas intervenções porque houve uma grande lesão no tendão. “Como o tendão chegou a arrebentar, tivemos que fazer uma prega axilar para reinserir o tendão no osso”, esclarece.

Victor deixou o hospital na sexta-feira acompanhado da mãe, Denise Cardoso, que estava ansiosa pela rápida recuperação do filho. “Estou sempre ao lado dele, em qualquer momento. Espero que essa fase passe logo para que eu possa acompanhar as novas vitórias”, diz.

O ginasta lembrou os momentos difíceis pelos quais passou em 2006, quando teve que passar por diversos tratamentos, mas também ressaltou a boa fase de 2007, principalmente pela conquista da medalha de prata no solo, na etapa de Cottbus (Alemanha) da Copa do Mundo de Ginástica.