O zagueiro Gil voltou aos treinos no Corinthians, no CT do Parque Ecológico, nesta quarta-feira depois de dois dias de ausência por causa da morte do seu pai. O jogador trabalhou ao lado dos titulares e participou de uma atividade específica de bola parada.

Já o zagueiro Edu Dracena, que torceu o tornozelo direito no treino de terça-feira, não foi a campo e ficou no departamento médico. A lesão não é grave, porém ainda não está definido quando o zagueiro voltará a trabalhar no campo.

Dracena foi contratado para ser o “xerife” da equipe, como definiu o presidente Mário Gobbi, mas chegou ao clube na semana passada fisicamente abaixo dos demais jogadores e, para piorar, machucou o tornozelo direito.

Assim, Felipe está confirmado ao lado de Gil para a estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra o Marília, no Itaquerão, e para o confronto diante do Once Caldas, pela fase preliminar da Copa Libertadores, em 4 de fevereiro, também em casa. O ex-santista só deve estrear no clássico com o Palmeiras, no dia 8 de fevereiro, no Allianz Parque.

Outro jogador que também deve perder os primeiros jogos do Corinthians na temporada é o volante Cristian, ex-Fenerbahçe. Assim, como Dracena, ele chegou ao clube fora de forma e ainda se recupera de uma pubalgia.