Único brasileiro que foi à rodada final do qualifying do Brasil Open entre os 14 tenistas do País que lutaram para entrar na chave principal por meio do torneio qualificatório, André Ghem acabou derrotado pelo argentino Maximo Gonzalez, que nesta segunda-feira venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 1/6 e 6/3.

Com a eliminação de Ghem, o Brasil ficou com apenas três jogadores na chave principal do ATP 250 realizado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Um deles, porém, já foi batido em sua estreia na competição. Trata-se de Guilherme Clezar, que foi derrotado pelo espanhol Albert Ramos por 2 sets a 0, com duplo 7/5, na noite desta terça-feira.

Assim, apenas Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, serão os únicos brasileiros com chance de brigar pelo título do torneio disputado em piso de saibro na capital paulista. Clezar caiu na estreia após estrear na chave principal depois de ganhar convite da organização do evento.

Semifinalista no Torneio de Quito na semana passada, Bellucci fechará a programação desta terça-feira em jogo contra o eslovaco Martin Klizan. Já Feijão terá pela frente o espanhol Pablo Carreno Busta, no segundo jogo do dia na quadra central do Brasil Open, por volta das 14h30.

Em outro duelo realizado nesta segunda-feira na chave principal de simples do Brasil Open, o uruguaio Pablo Cuevas, quinto cabeça de chave, bateu o checo Jiri Vesely por 2 sets a 1, com 6/4, 3/6 e 7/5. Assim, ele se credenciou para enfrentar na próxima fase o vencedor da partida entre os argentinos Facundo Bagnis e Federico Delbonis.