O retorno do Fluminense aos treinos nesta segunda-feira contou com uma novidade. O meia Gerson, de volta da Itália, retomou as atividades com o restante do grupo nas Laranjeiras, mas ainda não tem data certa para voltar aos gramados. Ele não joga uma partida oficial desde novembro.

Sem ritmo de jogo, Gerson treinou entre os reservas durante o trabalho tático. Ele deve fazer um trabalho especial antes de voltar ao time titular. O meia retornou ao Brasil, apesar de ter assinado pré-contrato com a Roma. Ele foi dispensado porque o clube já está no limite de jogadores extracomunitários em seu elenco.

Desta forma, permanecerá no Fluminense até o fim da temporada europeia em maio/junho. Como tem vínculo com o time carioca até 2019, ele dará sequência ao contrato, mantendo o mesmo salário que vinha ganhando até o fim do ano passado.

Com Gerson no elenco, o técnico Eduardo Baptista comandou trabalho tático de ataque contra defesa. Diego Souza, regularizado, participou normalmente de todas as atividades e já pode estrear pela equipe. Ele poderá ser titular na partida desta quinta-feira, contra o Madureira, em rodada do Campeonato Carioca.

No treino desta segunda, o meia treinou entre os titulares: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Marlon e Giovanni; Pierre, Cícero, Gustavo Scarpa, Daniel, Diego Souza; Fred. A equipe reserva foi composta por Júlio César; Jonathan, Gum, Nogueira e Ayrton: Edson, Douglas e Gerson; Marcos Júnior, Osvaldo e Magno Alves.