O Atlético terá mudanças hoje para o primeiro jogo contra o Paulista, em Jundiaí, pela segunda fase da Copa do Brasil. Geninho não contará com Lucas e Rafael Santos, vetados.

Isso obrigou o técnico Geninho a mexer na estrutura tática do time, saindo do 3-5-2 para o 4-4-2. A partida ocorre às 19h30, no estádio Jayme Cintra, e se o Rubro-Negro vencer por dois gols de diferença estará classificado para as oitavas-de-final do torneio. Caso contrário, terá de disputar a partida de volta, dia 6 de abril.

Desde a chegada, Geninho optou por mudar o sistema defensivo sempre atuando com Manoel, Rafael Santos e Gabriel. Desta vez, apenas o camisa 3 segue na equipe.

Gabriel dá lugar a Flávio e Rafael Santos está vetado por dores musculares. Independentemente do esquema tático, o treinador cobra do time um resultado que seja possível administrar dentro da Arena da Baixada.

“É muito importante, neste sistema de disputa da Copa do Brasil, trazer um resultado que dê boas chances de definir em casa. A ideia é tentar buscar a vitória”, disse.

Para o treinador, este jogo será um dos grandes desafios do Atlético até aqui, principalmente pela embalada que o time de Jundiaí teve no Campeonato Paulista.

São três vitórias seguidas na competição, mais o triunfo sobre o São José-RS, pela própria Copa do Brasil. “Vamos enfrentar um adversário perigoso, com qualidade. O Paulista é sétimo colocado do Campeonato Paulista, um dos mais difíceis do Brasil, e vem de vitória fora”, destacou Geninho.

Depois de duas semanas no comando, o treinador espera ver mais empenho de seus jogadores, sob o risco de começar a substituir peças se houver uma derrota hoje.

“A partir do momento em que não estão dando resposta, você começa a pensar em alternativa de troca, que é o que pode começar a acontecer”, alertou o comandante rubro-negro.