O Atlético confirmou o retorno do técnico Geninho. Através do Twitter oficial do clube, a informação foi divulgada na tarde desta segunda-feira (21). Geninho chega ao Furacão, após o clube não conseguir fechar com três opções: Silas, Falcão e Caio Júnior.

De acordo com o gerente de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, o treinador irá se reunir com a diretoria durante a semana para tomar algumas decisões. “O Geninho chega na quinta-feira para analisarmos algumas situações para o futuro”, disse o dirigente.

Esta será a terceira vez que o técnico comanda o Atlético. Em 2001, Geninho conquistou o principal título da história rubro-negra: o Campeonato Brasileiro. Em 2008, retornou ao clube, livrou a equipe do rebaixamento para a Série B do Brasileirão e faturou o título do Estadual do ano seguinte. No entanto, com o baixo rendimento no Nacional de 2009, acabou sendo demitido.

Junto com o treinador, também retorna ao clube o auxiliar técnico Ridênio Borges.

“Eu tinha me desligado do Sport e estava à disposição. Recebi o convite da diretoria do Atlético Paranaense e todos sabem da relação de identificação que tenho com o clube e com a torcida do Atlético. Tenho uma ligação muito grande por tudo o que significou a minha passagem pelo clube, pelos títulos que conquistamos juntos. Então eu não poderia deixar de voltar, deixar de estar ao lado do clube neste momento”, destacou Geninho, em entrevista ao site oficial do Furacão.