Fábio Alexandre
Keirrison, de pênalti, deixou o seu e mostrou que está cheio de gás pra deslanchar nesta temporada.

Com os ?Meninos Superpoderosos da Graciosa? não tem tempo ruim. Se os ?reforços? não deram no couro, a garotada do Coritiba fez a diferença e goleou o Cascavel, ontem, no Couto Pereira. Jogando um futebol vistoso, com uma qualidade que ainda não tinha mostrado em 2007, o Alviverde sapecou 3 a 0 na Cobra ao natural. Com o resultado, o Coxa subiu para a sétima colocação no Campeonato Paranaense.

O próximo compromisso do time do Alto da Glória será o clássico contra o Paraná Clube, também em casa, domingo, às 16h.

Nem parecia o Coritiba versão 2007 com uma reformulação no elenco e um bando de contratações, muitas de qualidade duvidosa. Era outro time, apesar da fragilidade do adversário, que nem parecia que tinha virado um jogo para cima do Atlético na rodada anterior. O Alviverde mostrou equilíbrio tático, vontade e muita força, completada pela segurança do estreante arqueiro Marcelo Bonan e a virilidade técnica de Túlio na meiúca.

A Cobra, num esquema retranqueiro armado pelo técnico Lorival Santos, não resistiu aos meninos formados no CT da Graciosa, que mostraram seus superpoderes logo de cara.

Depois de ter assustado o goleiro Glédson numa cobrança de falta, o zagueirão Henrique subiu mais alto que todo mundo e cabeceou com precisão no canto.

Nas arquibancadas era só alegria, com um toque de bola superior ao mostrado até aqui e jogadas bonitas.

O meia Marlos mandou rente e Henrique ainda deixou Ânderson Gomes frente a frente com Glédson, mas ele desperdiçou. Mas o segundo gol era questão de tempo e veio após um grande cruzamento de Keirrison, que a defesa não afastou e China só completou de canhota.

Perdendo por dois, o Cascavel trocou dois jogadores por contusão e ainda perdeu Michel expulso. Foi a deixa para o Coxa mandar completamente na partida. E, com excessão de alguns lances de falta, a Cobra mal chegou a ameaçar o gol de Bonan. Melhor para o ataque alviverde, que foi evoluindo como queria, sob a batuta de Pedro Ken e Marlos. E, de novo, Ânderson Gomes perdeu um gol feito, na cara de Glédson. No entanto, a sorte do goleiro não se confirmou quando ele saiu atabalhoado e derrubou Marlos na área. Pênalti, que Keirrison cobrou com perfeição, para mostrar que está totalmente recuperado e é o verdadeiro dono da camisa 9.

Macuglia quer conter a euforia

Muita calma nessa hora. Para o técnico Guilherme Macuglia, não é porque os ?Meninos Superpoderosos da Graciosa? ajudaram o Coritiba a vencer o Cascavel por 3 a 0 que a euforia pode tomar conta do Alto da Glória. ?Nós precisamos ajustar uma série de coisas, precisamos trabalhar taticamente, eu estou dando ênfase às bolas paradas e o resultado está aparecendo, mas precisamos evoluir bem mais e não vamos nos entusiasmar com o resultado do jogo?, analisou o treinador alviverde.

De acordo com ele, foi preponderante a conversa e o apoio dado pela direção do clube para que se tirasse a carga emocional das turbulências internas de cima dos atletas.

?A direção tem passado tranqüilidade para os jogadores e a comissão técnica, as coisas estão se ajustando e é natural que haja essas oscilações, e nós estamos apostando nesses jogadores jovens porque é o momento?, revelou. Para ele, com os bons resultados e a tranqüilidade, a torcida vai jogar junto e a calmaria vai voltar ao Coxa.

Além disso, Macuglia resolveu usar apenas especialistas, apostando na garotada da casa. ?Nós decidimos colocar jogadores específicos e conversamos muito com o Marlos,

o Pedro Ken e o Keirrison, para aliviarmos a responsabilidade e deixá-los à vontade para mostrarem o que sabem?, destacou.

Segundo o treinador, quem for bem no Estadual ganhará novas oportunidades também na disputa da Série B, objetivo principal da equipe na temporada. Hoje, o elenco volta a trabalhar no CT da Graciosa, na preparação para o clássico contra o Paraná Clube. Para este confronto, Macuglia não poderá contar com o volante Túlio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Cabeção

A diretoria já procura outro lateral-direito, pois Ruy não deu mais notícias. ?Eles tinham um compromisso conosco até as 18 horas, não ligaram e praticamente eu estou descartando a possibilidade desse jogador, e vamos atrás de outro para esta posição?, decretou. O clube ainda procura mais um lateral-esquerdo e um meia-armador canhoto.

CAMPEONATO PARANAENSE
1.ª Fase – 6.ª Rodada
Local: Couto Pereira
Árbitro: José Ricardo Bigaski Stolle
Assistentes: Nilton Martins e Elson Silva Santos
Gol: Henrique aos 6 e China aos 30 do 1.º tempo; Keirrison aos 30
Cartão amarelo: Túlio, João Renato, China, Pedro Ken
Expulsão: Michel aos 42 do 1.º tempo
Renda: R$ 16.335,00
Público pagante: 1.602
Público total: 2.549

Coritiba 3 x 0 Cascavel

Coritiba
Marcelo Bonan; China, Henrique, Leandro e Daniel Cruz (Carlão, 32 do 2.º); Rodrigo Mancha, Túlio (Adriano, 1 do 2.º), Pedro Ken e Marlos; Ânderson Gomes (Eanes, 24 do 2.º) e Keirrison. Técnico: Guilherme Macuglia

Cascavel
Glédson; Tiago Soler, João Renato e Fabiano; Michel, Rodrigo Caldeira, Rodrigo Costa (Grafite, 27 do 2.º), Cleiton, Gildásio e Tita (Caio, 32 do 1.º); Jânio (Kanu, 38 do 1.º). Técnico: Lorival Santos