O meia Paulo Henrique Ganso voltou a correr neste sábado, três meses após passar por uma cirurgia no joelho esquerdo. Assim, ele iniciou uma nova fase em sua recuperação, na luta para voltar ao futebol no começo do ano que vem. E não escondeu a alegria pelo sucesso do tratamento feito até agora.

“É uma emoção muito grande, estou muito feliz de ter essa evolução grande e rápida nesse tratamento, que é doloroso. Deus tem me abençoado bastante e também as mãos dos fisioterapeutas. Tenho sido bem tratado e tenho certeza que voltarei no período mais rápido possível”, afirmou Ganso.

Ganso sofreu a grave lesão em 25 de agosto, durante jogo do Santos contra o Grêmio, no Estádio Olímpico, pelo Brasileirão. Três dias depois, ele passou por cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho. E, desde então, vem fazendo tratamento intensivo para voltar ao futebol.

Neste sábado, Ganso deu uma corrida leve, de apenas 10 minutos, no campo do CT Rei Pelé. E não sentiu dores no joelho operado. Segundo o fisioterapeuta Avelino Buongermino, a ideia agora é “enfatizar as corridas e começar com exercícios específicos, aumentando gradativamente (o ritmo)”.

A expectativa é de que Ganso volte a trabalhar com bola daqui a um mês, quando fará nova reavaliação médica. “Só então saberemos a possibilidade de adicionar bola, mas só como fundamento. O objetivo é que ele esteja integrado ao grupo a partir de fevereiro”, explicou o fisioterapeuta.

Apesar do momento complicado na carreira, Ganso revelou que sua maior motivação é voltar bem para a disputa da Libertadores de 2011 com a camisa do Santos. “Esse é o foco que tenho agora na carreira, conquistar esse título da Libertadores. É o sonho que estou visando”, avisou o garoto.