Há vários jogos Galatto vem se destacando no gol atleticano, com defesas importantes. E ontem, o goleiro foi fundamental para o reencontro do Furacão com a vitória. Aos 36 minutos do 2.º tempo, quando o time mais precisou de seu arqueiro, ele defendeu o pênalti que praticamente garantiu importantes três pontos na tabela de classificação.

Foi o primeiro pênalti defendido com a camisa rubro-negra e o suficiente para o gaúcho, definitivamente, cair nas graças da torcida. No término da partida, o camisa 1 teve o seu nome gritado insistentemente pelas quase 20 mil pessoas presentes na Arena, fato que o deixou bastante emocionado. Ao deixar o gramado, deu provas de amor ao clube e ao torcedor.

“Nunca me senti tão bem na vida assim. Quero agradecer essa torcida que me acolheu com tanto carinho. Vou fazer de tudo pra ajudar o Atlético nesse campeonato. Quero dizer a eles muito obrigado pelo carinho. Se precisar dar a vida pelo Atlético neste campeonato, eu vou dar”, declarou. Galatto assumiu a titularidade após a contusão de Vinícius e, após a apresentação de ontem, o nome do arqueiro gaúcho virou sinônimo de segurança no gol, pelo menos para o torcedor atleticano.