Depois de aceitar o pedido de demissão de Roberto Mancini há um mês, o Galatasaray pode ter outro italiano como técnico para a próxima temporada. Nesta quinta-feira, o clube turco revelou que está negociando com Cesare Prandelli, treinador que liderou a Itália na decepcionante campanha que culminou com a queda na primeira fase da Copa do Mundo no Brasil.

“O Galatasaray anuncia que começou a negociar com o técnico italiano de futebol Cesare Prandelli. O público será informado sobre as evoluções das conversas”, dizia breve comunicado no site oficial do clube turco.

Prandelli não suportou a pressão pela queda precoce no Mundial e, logo depois a derrota por 1 a 0 para o Uruguai, que selou a eliminação italiana, pediu demissão. O treinador liderou a seleção a uma campanha que terminou com apenas três pontos no Grupo D. Além de perder para os uruguaios, a Itália ganhou da Inglaterra e também foi derrotada pela Costa Rica.

O treinador chegaria para substituir a surpreendente saída de Mancini, que pediu demissão em junho após somente nove meses no comando. Pouco tempo depois, David Moyes, demitido do Manchester United, voou para a Turquia para conversar com dirigentes do Galatasaray. O clube, no entanto, relatou na época que tinha preferência por outros dois técnicos que também estiveram na Copa do Mundo: Jürgen Klinsmann, da seleção dos Estados Unidos, e Joachim Löw, da Alemanha.