Os atacantes brasileiros que estão na mira de Tite brilharam nesta quarta-feira no Campeonato Inglês. Em duelo válido pela 21ª rodada e disputado no primeiro dia de 2020, o Manchester City contou com gols de Gabriel Jesus para derrotar o Everton por 2 a 1, em casa, sendo que Richarlison também marcou na partida.

Com o Liverpool disparado na liderança do Campeonato Inglês, com 55 pontos, sendo que o time ainda vai receber o Sheffield United nesta quinta-feira, o resultado ao menos foi importante para o Manchester City seguir na cola do Leicester na briga pelo vice-campeonato. Como ambos venceram nesta quarta, o Leicester continua na frente, com 45 pontos, mas com apenas um a mais do que o City.

O resultado também foi importante para o técnico Pep Guadiola, pois ele ainda não havia vencido o técnico Carlo Ancelotti. O italiano, aliás, ainda não havia perdido sob o comando do treinador italiano, mas agora parou nos 25 pontos, na décima colocação.

Com o desgaste pela sequência de jogos, Guardiola não escalou a força máxima no City, dando um descanso a peças como Agüero, Bernardo Silva, David Silva e Sterling. Doente, Ederson também não foi escalado, abrindo espaço para a entrada do chileno Claudio Bravo no gol. Além disso, Fernandinho jogou na zaga, com Gabriel Jesus liderando o setor ofensivo. No Everton, Richarlison foi titular, mas Bernard foi vetado no aquecimento.

O primeiro tempo da partida ficou marcado por uma decisão polêmica da arbitragem após consulta ao VAR, com a anulação de gol de Foden para o Manchester City, por impedimento de Mahrez no início da jogada. Assim, os gols da partida saíram apenas na etapa final.

Logo aos cinco minutos, Gundogan acionou Gabriel Jesus, que dominou cortando o seu marcador e finalizou com a bola entrando no ângulo da meta, com Pickford não conseguindo fazer a defesa. O segundo gol de Jeus saiu aos 12, depois de uma troca de passes entre De Bruyne, Foden e Mahrez, até chegar ao brasileiro para finalizar às redes. O Everton diminuiu aos 25 minutos, aproveitando vacilo de Bravo, que saiu jogando errado. Kean roubou a bola e Walcott cruzou para Richarlison finalizar: 2 a 1.

OUTROS JOGOS – Na briga direta contra o rebaixamento, o West Ham ganhou um respiro ao golear o Bournemouth por 4 a 0, em casa, no Estádio Olímpico de Londres. O resultado levou o time aos 22 pontos, na 16ª posição, ultrapassando o próprio Bournemouth, que entrou na zona da degola, com 20 e em 18º lugar.

O brasileiro Felipe Anderson fechou a goleada ao fazer o seu gol aos 21 minutos do segundo tempo, encerrando um jejum que vinha desde 13 de abril de 2019. Mark Noble marcou duas vezes, uma delas de pênalti, para o West Ham, que também viu Sebastian Haller deixar a sua marca para a equipe londrina, que foi ao intervalo vencendo por 3 a 0.

Já o lanterna Norwich até abriu 1 a 0 aos quatro minutos do primeiro tempo com o gol de Todd Cantwell, mas cedeu a igualdade ao Crystal Palace aos 40 da etapa final, com
Connor Wickham. O Norwich, assim, chegou aos 14 pontos, enquanto o Palace é o nono colocado, com 28.