Foto: Arquivo/Tribuna

Dênis Marques pode substituir
Cissé no Olympique de Marselha.

O Atlético parece ter consolidado um novo canal de negociações no mercado europeu. Pouco depois da venda de Michel Bastos e Paulo André para equipes francesas, o presidente do Conselho Deliberativo do Furacão, Mário Celso Petraglia, embarcou para Paris com objetivo de fechar mais um negócio.

A imprensa da França noticia o interesse do Olympique de Marselha no atacante Dênis Marques. O jogador do Atlético serviria como alternativa no início da temporada para o francês Djibril Cissé, ex-Liverpool, que se recupera de fratura na perna, sofrida pouco antes da Copa do Mundo. Depois de cumprir a suspensão imposta pela Fifa, Dênis, hoje na reserva da equipe, tem todos os direitos econômicos vinculados ao Furacão.

Outro negócio pendente no país vice-campeão mundial envolve o atacante Ilan. Destaque do pequeno Sochaux nas duas últimas temporadas, o jogador despertou o interesse de equipes maiores da França, como Bordeaux e Paris Saint-Germain, mas seu destino mais provável é o Saint-Etienne. O negócio deve girar em torno de 3 milhões de euros (R$ 8,3 milhões) -metade deste valor caberia ao Rubro-Negro, que ainda detém 50% dos direitos econômicos do jogador. O atacante também está na mira de Udinese (Itália), Atlético de Madrid (Espanha) e Besiktas (Turquia).

Giva só tem dúvida na frente

Durante todo o recesso para a disputa da Copa do Mundo, Givanildo de Oliveira treinou praticamente a mesma formação no Atlético. Mas a turbulenta briga jurídica que culminou no afastamento de Dagoberto faz o treinador alimentar dúvidas às vésperas da reestréia do Brasileirão.

Na maior parte da intertemporada, Givanildo testou o ataque com Dagoberto e Pedro Oldoni. Desde a semana passada, quando a briga com Dago ganhou os tribunais e o atacante foi sacado, Herrera trabalhou como titular no setor ofensivo. O desempenho do colombiano, porém, não agradou o treinador, que surpreendeu no treino de ontem à tarde ao entregar o colete de titular a Neto Baiano. Herrera entrou apenas na segunda parte do último coletivo antes do recomeço do Nacional.

Contratado do Paulista de Jundiaí, Neto Baiano, 23 anos, ainda não estreou oficialmente com a camisa rubro-negra. O jogador, que traz no currículo experiências no Vietnã e na Coréia do Sul, disputou apenas o jogo-treino com o Iraty, em 30 de junho – ele marcou de falta o primeiro gol atleticano no empate em 2×2.

Assim, o companheiro de ataque de Pedro Oldoni passa a ser a única dúvida da equipe para o recomeço do Brasileirão, amanhã, às 19h30, contra o Fortaleza, na Baixada. O restante da escalação usada ontem foi o mesmo das demais atividades da intertemporada – incluindo o volante Cristian, que será mesmo o substituto do suspenso Alan Bahia. Givanildo cogitou escalar o recém-contratado Marcelo Silva, mas o jogador não apresenta boas condições físicas e deve ficar como opção de banco.

No banco?

Pela primeira vez em uma semana, Dagoberto participou de um treino coletivo. Mesmo sem problemas físicos, o atacante executava atividades paralelas quando o técnico Givanildo separava a equipe em titulares e reservas. Ontem o jogador trabalhou no time de baixo, fazendo dupla com Dênis Marques. (CS)

Roupa nova contra Fortaleza

O Atlético terá pelo menos uma estréia no recomeço do Brasileirão. Não é um dos reforços trazidos durante a disputa da Copa do Mundo, mas sim a vestimenta do clube para a temporada 2006. A novidade será apresentada oficialmente pouco antes da partida contra o Fortaleza, amanhã, na Baixada. O novo modelo da camisa um tem outra tonalidade de vermelho, mais vivo.

A mesma cor predomina nas mangas, onde há recortes. O escudo foi trazido para o centro do uniforme e o logotipo da Umbro agora é dourado, mesma cor da estrela que representa o título brasileiro de 2001.

As novidades nos meiões são o escudo bordado e a sigla do Atlético na parte de trás da perna. A fornecedora afirma que as camisas foram confeccionadas de modo a deixá-las mais leves e secas. O novo uniforme já será usado pela equipe contra o time cearense. (CS)