O Atlético perdeu para o Flamengo ontem na estreia na Copa Sul-Americana por 1 x 0, em um jogo que só teve um pouco mais de movimentação no segundo tempo.

Agora, o Furacão precisa vencer a partida de volta por dois gols de diferença para chegar às oitavas de final. Se repetir o placar dos flamenguistas, a vaga será decidida nos pênaltis.

O jogo de volta está marcado para o dia 24 de agosto, às 21h50, na Arena da Baixada. Com as duas equipes poupando os titulares para o Brasileirão, o jogo teve baixa qualidade técnica, com mais chances para os cariocas.

Mas o time reserva do Furacão não fez tão feio e conseguiu segurar o empate sem gols até os 35 minutos do segundo tempo, quando Santos fez pênalti em Jael. Ronaldinho Gaúcho cobrou e aos 37 fez 1 x 0, garantindo uma vantagem para o jogo de volta.

E foi apenas depois de Vanderlei Luxemburgo colocar Renato Abreu, Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves aos 14 minutos do segundo tempo que o próprio Flamengo conseguiu apresentar um pouco mais de qualidade em campo, mas nada que trouxesse uma superioridade absoluta no jogo.

O empate teria refletido bem o que foi o confronto, pelo equilíbrio, ainda que tenha sido uma partida sonolenta e de poucas chances reais criadas em ambos os lados.

Renato Gaúcho, que queria observar os jogadores reservas na partida, não teve muitas surpresas agradáveis. Cléber Santana, um dos únicos titulares no jogo, foi o melhor em campo pelo Furacão, repetindo as boas atuações que tem mostrado nos últimos jogos.

Santos, que fez sua estreia na equipe profissional, também teve boa participação, ainda que estivesse nervoso e tenha cometido alguns erros, mas evitou que o Flamengo fizesse um placar maior.

A partida acabou abrindo novas oportunidades para os pratas da casa, que não aproveitaram tão bem a chance de conquistar Renato Gaúcho. Além de Santos, também atuaram Fransérgio como titular e Edigar Junio e Renan, que entraram no segundo tempo, todos revelados nas categorias de base do Furacão.

Agora, Renato Gaúcho volta as atenções para o São Paulo, próximo adversário no Brasileiro e com a necessidade de escolher os substitutos de Kléberson e Cléber Santana, entre os jogadores que foram a campo ontem.