O técnico Roberto Fernandes é uma novidade não só para a torcida rubro-negra, mas também para os jogadores do Furacão. Com exceção do meia Netinho, que trabalhou com o novo treinador no Náutico, os demais atletas estão conhecendo agora o estilo de trabalho de Fernandes.

E hoje será o primeiro jogo sob a batuta do pernambucano. E como o próprio treinador disse, ?treino é jogo e jogo é guerra?.

Acostumados com o estilo de Ney Franco, a partir do jogo de hoje contra o Atlético Mineiro, os atletas do Rubro-Negro terão que se habituar ao novo comandante. E para acertar os ponteiros dentro de campo, a receita é muita conversa.

Pelo menos é isso o que o goleiro Vinícius quer fazer. ?Temos que conversar bastante para ajeitar as coisas que faltam. Mas é cedo para dizer que mudou alguma coisa no time. Podem mudar algumas peças mas no geral será a mesma coisa?, afirma o goleiro atleticano. Ele acredita que a conversa entre os jogadores vai facilitar a adaptação ao novo estilo implantado pelo técnico Roberto Fernandes.

Para o goleirão rubro-negro, o mais importante é aproveitar o retrospecto da equipe em casa e conseguir a segunda vitória no Brasileiro. ?Temos que pensar no jogo, na vaga para a Libertadores que é o nosso objetivo?, finaliza Vinícius.