Foto: Ciciro Back
Empolgada com retorno à elite, torcida alviverde deu show na estréia, diante do Palmeiras.

Os treinadores fazem mistério, mas o que não será nenhuma novidade na partida de hoje será a vibração da torcida do Coritiba. Contra o Palmeiras, foram mais de 31 mil ao Alto da Glória para matar a saudade da Série A.

Hoje, a expectativa é de um público semelhante ou superior e quem agradece são os jogadores, que contam com a força extra para superar o invicto Cruzeiro.

O poder das arquibancadas impulsionou o time na Segundona e na primeira divisão deve acontecer a mesma coisa. Além do grito da galera, o Alviverde terá o retorno do meia Carlinhos Paraíba no confronto programado para as 16 horas.

?É muito bom porque a torcida nos apóia pra caramba e graças a Deus temos isso, nosso torcedor é fanático. Então peço pra eles comparecerem em campo para nos apoiarem contra o Cruzeiro?, afirma o zagueiro Maurício. Para ele, ver as arquibancadas cheias dá uma motivação a mais.

?É um jogador a mais dentro de campo. Temos que dar graças a Deus por esse clube ter uma torcida imensa e vamos fazer um grande jogo?, promete o defensor. Por isso, o lateral-esquerdo Ricardinho diz que é preciso agradecer toda essa força.

?Temos que agradecer ao torcedor, que tem nos ajudado nos últimos jogos. Temos tudo para fazer um grande jogo e conseguir uma grande vitória?, destaca o lateral. No entanto, ninguém acredita que será fácil superar o Cruzeiro, que começou a rodada na liderança. ?É uma equipe que vem muito bem nas competições que tem disputado, muito forte, uma equipe que vai brigar por título.

Nós vamos brigar o máximo possível para que possamos igualar os jogos em termos de vontade, de luta, de determinação, como aconteceu nessas três primeiras rodadas?, avisa o técnico Dorival Júnior.

Por isso, nada de achar que só a torcida vai fazer a diferença. ?Temos que respeitar a equipe deles, mas estamos com alegria imensa e o fator casa vai nos ajudar bastante?, aponta Maurício. Mas, além da casa, o Coxa ganhou o reforço de Carlinhos Paraíba.

Como o STJD diminuiu a pena do atleta, ele poderá entrar em campo e enfrentar a Raposa. No entanto, Júnior faz mistério na formação. Ele só deverá confirmar a equipe momentos antes da partida, mas Paraíba deverá jogar.