Apontada como uma das principais revelações da nova geração da ginástica artística brasileira, Rebeca Andrade realizou na manhã desta quarta-feira um procedimento cirúrgico para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito e sutura do menisco medial.

O médico Caio D’Elia, ortopedista especialista em joelho e responsável pela cirurgia, disse que a operação ocorreu dentro do previsto e teve 1 hora e 30 minutos de duração. “A cirurgia foi um sucesso. Até o final do dia ela deve ter alta e, ainda hoje, dar início ao processo de reabilitação”, afirmou.

Rebeca rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito durante um treino, no final de junho. O médico reiterou a previsão de que a ginasta não voltará a competir em 2015, pois precisa de, no mínimo, seis meses de recuperação. “Ela deve ficar afastada dos treinos no mínimo por seis meses”, acrescentou.

Por causa dessa grave lesão, Rebeca não poderá representar a ginástica do Brasil nos Jogos Pan Americanos de Toronto, neste mês, e no Mundial de Glasgow, em outubro.