Uma vitória do Corinthians nesta quarta-feira diante do Grêmio, em Porto Alegre, às 21h50, pela 29.ª rodada, não só servirá para acabar com a incômoda série de três empates por 0 a 0 e, assim, deixar o time um pouco mais distante da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, como também será importante para mostrar ao torcedor o que esperar da equipe diante do mesmo rival tricolor gaúcho, na próxima semana, novamente na Arena Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil. A derrota, porém, pode deixar o time encostado entre os últimos colocados.

Onze pontos distante da zona de classificação para a Copa Libertadores no Brasileirão, o Corinthians aposta as suas fichas na Copa do Brasil para disputar o torneio continental de 2014. Por isso, o jogo da próxima quarta é considerado importantíssimo – a partida de ida, no estádio do Pacaembu, foi 0 a 0.

Assim como deve ocorrer na semana que vem, o Corinthians tentará jogar no erro do adversário nesta quarta. O técnico Tite sabe que o Grêmio, por atuar em casa, deverá tomar a iniciativa do jogo. A tática, então, será tentar surpreender nos contra-ataques.

Para isso, Tite lançará Diego Macedo como titular. Contratado do Bragantino no início deste mês, o jogador chegou ao clube, a princípio, apenas para compor elenco. Mas a péssima fase do ataque fez com que o treinador, logo no terceiro jogo do atleta pelo clube, já o colocasse entre os titulares.

Diego Macedo ganhou uma vaga no time depois do bom segundo tempo que fez diante do São Paulo, no último domingo. Ele entrou no lugar de Danilo e renovou o fôlego da equipe. “Ele é um jogador agudo e vai ter liberdade para ser agressivo”, explicou Tite.

A defesa também sofrerá mudanças. O zagueiro Paulo André e o lateral-esquerdo Fábio Santos foram vetados pelo departamento médico. A dupla será poupada para que o desgaste físico não se transforme em lesão. Já com relação ao lateral-direito Alessandro, a orientação é que o atleta fique na reserva.

No lugar de Paulo André, entra Cleber. Na vaga de Fábio Santos, o garoto Igor ganha mais uma chance. Com o novo desenho da defesa, Edenilson, que no último domingo atuou como volante, vai jogar na lateral direita. A vaga aberta no meio de campo ficará com Douglas, que terá a responsabilidade de servir Romarinho e Emerson. “A ideia é ter mais velocidade. A transição de bola mais rápida, com jogadores rápidos de bola no pé e bola em profundidade”, explicou Tite.