Depois de uma semana conturbada, em que teve que dar muitas explicações sobre seu relacionamento com a diretoria do São Paulo, o técnico Emerson Leão finalmente pode comemorar aliviado. Na noite da última quarta-feira, a equipe empatou por 2 a 2 com o Goiás, fora de casa, e garantiu uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil, depois de ter vencido por 2 a 0 na partida de ida, no Morumbi.

“Foi mérito nosso. Soubemos segurar, pois era um adversário com valores e bons jogadores. Sabíamos que eles iriam se atirar e quando isso aconteceu ficou mais fácil. Erramos no começo, mas arrumamos. A passagem para as semifinais era tudo que nós queríamos e a torcida também”, declarou o treinador.

A vitória deve dar paz ao treinador após um princípio de crise. Durante os últimos dias muito foi comentado sobre um suposto relacionamento ruim dele com a diretoria. Os rumores aumentaram depois da derrota na estreia do Campeonato Brasileiro diante do Botafogo, por 4 a 2, no último domingo. Na ocasião, o meia Maicon foi um dos destaques negativos da partida, errando em uma saída de bola que resultou no quarto gol do adversário.

Apesar do erro, Maicon entrou na partida diante do Goiás e parece ter agradado Leão. “Botei o Maicon para que todos soubessem que ele está nos planos. Não é porque errou que será descartado. E estou muito satisfeito com o que fizeram o Casemiro e o Jadson, porque pedi que fossem um pouco mais inteligentes para que administrassem e terminassem o jogo com saúde. E foi isso que eles fizeram”, comentou.

O adversário nas semifinais será o Coritiba, que passou pelo Vitória nas quartas após uma goleada por 4 a 1 na última quarta, em casa. Sobre o próximo adversário, Leão preferiu ainda não comentar e disse que vai “pensar depois”.