O péssimo estado do gramado do Maracanã não impediu Fluminense e Vasco de realizarem um clássico cheio de emoções, ontem, pelo campeonato carioca. A partida terminou empatada em 2 a 2 e o meia vascaíno Petkovic assumiu a artilharia isolada da competição, somando quatro gols depois dos dois marcados. O atacante Fábio Bala foi o destaque tricolor, também por marcar dois gols.

O jogo começou equilibrado e muito disputado no meio-de-campo. A primeira boa jogada só aconteceu aos 27?, quando o meia Danilo recebeu dentro da área, após passe de calcanhar de Marcelinho. Mas ele chutou por cima do goleiro Kléber, perdendo grande chance para o Vasco. Aos 37?, o lateral-direito Russo arriscou de longe. Na sobra, Petkovic dominou no peito e chutou no ângulo, fazendo 1 a 0.

No segundo tempo, o técnico Renato Gaúcho fez modificações na equipe e o Fluminense melhorou, principalmente com o meia Carlos Alberto, que deu mais mobilidade ao meio-de-campo. Aos 13?, o lateral-direito Jancarlos bateu cruzado. Fábio Bala, impedido, empatou a partida.

O Fluminense continuou pressionando até conseguir o segundo gol, aos 36 minutos. No lance, Carlos Alberto chutou em cima do goleiro Fábio. Na sobra, Fábio Bala fez o seu segundo no clássico.

Com a desvantagem no placar, a torcida do Vasco começou a vaiar o time, principalmente quando o técnico Antônio Lopes tirou Marcelinho de campo. Quando souberam que o atacante Edmundo, vascaíno confesso, estava no estádio, os torcedores gritaram seu nome.

Quando tudo caminhava para uma vitória do Fluminense, o lateral-esquerdo Jadílson dominou a bola com o braço, dentro da área, e o árbitro marcou pênalti. Aos 44 minutos, Petkovic cobrou e empatou o jogo, acalmando a torcida vascaína.

Ficha técnica

Local: Maracanã (Rio). Árbitro: Vágner Rosa. Gols: Petkovic, aos 37? do 1.º tempo; Fábio Bala, aos 13? e 36?, e Petkovic, aos 44? do 2.º. Cartão amarelo: Wellington Paulo, Russo, Fábio Bala, Edinho, Henrique, Valdir, Léo Lima e Alex Oliveira. Cartão vermelho: Jadílson. Renda: R$ 211.205,00. Público: 23.870 pagantes.

Fluminense: Kléber; Jancarlos, César, Zé Carlos e Jadílson; Marcão, Augusto (Alex Oliveira), Zada e Leonardo Inácio (Carlos Alberto); Fábio Bala (Marcial) e Ademílson. Técnico: Renato Gaúcho.

Vasco: Fábio; Russo, Wellington Paulo, Alex e Edinho; Henrique, Léo Lima, Danilo (Siston) e Petkovic; Marcelinho Carioca (Cadu) (Ânderson) e Valdir. Técnico: Antônio Lopes.