Com os titulares em campo, o Fluminense venceu o Quissamã por 3 a 0, na noite deste sábado, em Macaé (RJ), e assumiu a liderança do Grupo B da Taça Guanabara. Pela primeira vez em 2013, o técnico Abel Braga escalou a formação que foi campeã brasileira no ano passado. As únicas ausências foram Wellington Nem, poupado, e Deco, lesionado. E o atacante Fred marcou seu primeiro gol na temporada.

Foi o primeiro jogo oficial entre Fluminense e Quissamã, clube que, após 90 anos de existência, é estreante na primeira divisão do Campeonato Carioca. Para se manter na liderança, o Fluminense espera agora o jogo do Flamengo, que recebe o Nova Iguaçu neste domingo, às 17 horas, no Engenhão – a diferença entre eles é de 1 ponto. O Quissamã está na lanterna do Grupo A, com apenas um ponto.

“Foi uma semana maravilhosa. Tive a felicidade de fazer o gol e agora quero fazer um bom jogo pela seleção”, disse o volante Jean, convocado nesta semana para substituir o contundido Hernanes no amistoso entre Brasil e Inglaterra, na quarta-feira, em Londres.

Outro atleta do Fluminense na seleção, o atacante Fred também comemorou a vitória deste sábado. “Diante das dificuldades, o time deles defendendo bem, conseguimos ter paciência para criar as oportunidades e fazer os gols”, avaliou o artilheiro do time.

O JOGO – O Fluminense só abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo, mas teria marcado antes não fosse a boa atuação do goleiro Ricardo. Primeiro, após cobrança de falta de Thiago Neves aos 3 minutos. Depois, em duas tentativas de Fred, aos 25 e 34 – na primeira chance, o artilheiro do último Brasileirão arriscou de fora da área; na segunda, tocou de primeira depois de cruzamento de Carlinhos.

Ricardo só não conseguiu defender a falta cobrada com precisão por Jean, já aos 45 minutos. Depois de falta sofrida por Fred na entrada da área, o volante bateu no ângulo, sem chance para o goleiro do Quissamã: 1 a 0, o segundo gol de Jean em 2013.

O Quissamã conseguiu somente uma chance no primeiro tempo, ainda aos 4 minutos, com Bruno Neves, que bateu cruzado, mas Diego Cavalieri fez boa defesa. O goleiro do Fluminense voltou a defender bem aos 18 da segunda etapa, depois de chute forte de Bruno Neves, de fora da área.

O time do Fluminense aparentou estar cansado e não criou tanto na segunda etapa. Mas fez o suficiente para ampliar o placar. Aos 28 minutos, o meia Wagner, que havia entrado em lugar de Rafael Sóbis, tabelou com Fred na entrada da área e bateu forte, rasteiro: 2 a 0.

Dez minutos depois, Felipe recebeu de Wagner dentro da área e cruzou. Ricardinho deu um carrinho e a bola tocou em seu braço – o árbitro, então, marcou pênalti. Fred cobrou bem no canto direito e marcou o terceiro do Fluminense, definindo a vitória.

FICHA TÉCNICA:

QUISSAMÃ 0 X 3 FLUMINENSE

QUISSAMÃ – Ricardo; Bruno Reis, Edson, Juan e Thiago Reis; Ricardinho, Cleiton, Bruno Neves e Marquinho (Pedrinho); Thiago Trindade (Jhon) e Rinaldo (Fabrício). Técnico: Marcelo Buarque.

FLUMINENSE – Diego Cavalieri; Bruno, Leandro Euzébio, Digão e Carlinhos; Valencia (Edinho), Jean e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Wagner), Marcos Junior (Felipe) e Fred. Técnico: Abel Braga.

GOLS – Jean, aos 45 minutos do primeiro tempo; Wagner, aos 28, e Fred (pênalti), aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – André Rodrigo Rocha (RJ).

CARTÃO AMARELO – Marquinho, Bruno Reis, Pedrinho e Rinaldo (Quissamã); Diego Cavalieri, Digão e Valencia (Fluminense).

RENDA – R$ 80.830,00.

PÚBLICO – 4.600 pagantes.

LOCAL – Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ).