O Fluminense trabalha para anunciar em breve a contratação de um lateral-esquerdo. O diretor de futebol Rodrigo Caetano retornou no fim da tarde desta segunda-feira de Atibaia (SP) para discutir com o vice de futebol Sandro Lima ofertas ao lateral argentino Fabian Monzón, do Lyon.

Lima confirmou que o clube está em conversas com os representantes de Monzón. O dirigente, porém, não quis comentar um possível interesse tricolor pelos meias Riquelme, sem clube, e Felipe, do Vasco. Mas também não foi incisivo em rejeitar uma investida pelos veteranos.

“Quanto ao Monzón, não dá para negar. Ele foi muito bem avaliado pela nossa comissão técnica e agora precisamos conversar”, disse Lima, que minimizou a necessidade de buscar um meia para substituir Thiago Neves e Deco em caso de lesões e suspensões. “Temos o Wagner. O problema foi que o Wagner também se machucou no ano passado.”

A negociação com o argentino Monzón, de 25 anos, está adiantada e o desfecho deve ser rápido. Ele chegaria para disputar posição com Carlinhos, único lateral-esquerdo do elenco. Na verdade, o vice de futebol tricolor disse que até quinta-feira pretende fechar as contratações para o primeiro semestre, de forma que ninguém chegue muito atrasado com relação aos outros para a pré-temporada.

Felipe ou Riquelme dariam ao técnico Abel Braga uma alternativa experiente no banco para a disputa da Libertadores. A dificuldade seria convencer os dois estabelecidos veteranos a começar o ano no banco de reservas.