Sob os olhares atentos do comitê de inspeção da Fifa, que já começou a avaliar as 18 cidades candidatas a abrigar jogos da Copa do Mundo de 2014, caso o Brasil seja anunciado em outubro como a sede da competição, o Flamengo venceu o Goiás, por 3 a 1, no Maracanã. Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 24 pontos ganhos e saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, empurrando o Atlético Paranaense.

Antes de a bola rolar, a comissão, formada por cinco integrantes visitou informalmente alguns pontos do Maracanã, inclusive a área destinada à imprensa, e assistiu ao jogo da Tribuna de Honra. Numa rápida entrevista, o chefe da comitiva, Hugo Salcedo disse que ficou impressionado com os projetos exibidos pelas 13 cidades desde sexta-feira num hotel da Barra da Tijuca.

A partir de amanhã, Salcedo fará vistoria nos demais locais credenciados: Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. "As apresentações foram boas, nos deixou impressionados", limitou-se a dizer. O suíço Walter Gagg, responsável pela segurança e pelos estádios, afirmou que encontrou um Maracanã bem diferente de 20 anos atrás, data de sua última visita. E admitiu ter gostado do que viu.

Posse de bola

Em relação à partida, o Flamengo foi melhor no primeiro tempo, embora não tenha atuado tão bem. Ao menos, jogou de forma mais ofensiva e valorizou a posse de bola. Fez 1 a 0, num lance que Souza escorou cruzamento de Maxi Biancucchi, a bola bateu na trave e Léo Medeiros só completou

O árbitro Clever Assunção Gonçalves roubou a cena nos 45 minutos iniciais: ignorou duas penalidades, uma para cada lado. O Flamengo não se acomodou com a vantagem no placar e com exatos 15 minutos da etapa final já havia garantido a vitória, com gols do lateral-esquerdo Juan e do volante Íbson: 3 a 0. Paulo Baier, de cabeça, descontou, mas já era tarde demais.

Beijoqueiro

Diante do comitê da Fifa, José Alves de Moura, conhecido como Beijoqueiro, paralisou o jogo ao invadir o gramado para dar um beijinho no atacante Obina, que havia acabado de entrar na vaga de Maxi, machucado. Ao ser retirado do gramado, ele repetiu o gesto na bochecha de um policial militar.