O Flamengo tem tido presença frequente na Libertadores nos últimos anos, mas não conseguiu emplacar uma campanha que o levasse a brigar pelo título. Agora, o time carioca começa nova caminhada sonhando com o troféu. O primeiro jogo, válido pelo Grupo 7 da competição, será contra o León, nesta quarta-feira, a partir das 22 horas, no México.

A estreia flamenguista promete ser complicada. O León é um time forte, que conta com jogadores experientes, como o zagueiro mexicano Rafa Marquez (ex-Barcelona) e o atacante argentino Mauro Boselli, campeão da Libertadores de 2009 pelo Estudiantes. Além disso, tem a altitude, já que o estádio fica a cerca de 1.800 metros acima do nível do mar.

Para a estreia no Grupo 7 da Libertadores, que conta também com Emelec (Equador) e Bolívar (Bolívia), o técnico Jayme de Almeida deve utilizar uma formação semelhante à que enfrentou o Fluminense no último sábado, pelo Campeonato Carioca, quando o Flamengo perdeu por 3 a 0.

No meio, o recém-chegado Everton deve assumir, de vez, a vaga que era de Carlos Eduardo na temporada passada. Assim, a dúvida fica na defesa, entre o equatoriano Erazo, outro reforço desta temporada, e Samir.

O Flamengo vai contar também com o retorno do atacante Alecsandro, que não jogou contra o Fluminense por lesão, mas ele será apenas opção no banco de reservas para Hernane, grande esperança de gol flamenguista.