A diretoria do Flamengo surpreendeu nesta quarta-feira e anunciou a reintegração do volante Willians ao elenco. Ele havia sido afastado no grupo no dia 29 de outubro por indisciplina, após faltar a um treinamento e não justificar a ausência, antes do importante confronto diante do Grêmio pelo Campeonato Brasileiro.

A diretoria flamenguista viu o episódio como a gota d’água em uma série de ações desmedidas do jogador e, com o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo, decidiu multá-lo e colocá-lo para treinar sozinho, longe do restante do elenco. O próprio Willians teria admitido os erros e pedido desculpas, o que pode ter amenizado a punição.

Durante a última semana, Luxemburgo chegou a afirmar que não contava mais com o jogador e até foi cogitada uma possível transferência para o Internacional. No entanto, os dirigentes do Flamengo nunca abriram mão de Willians, que era titular do time antes do afastamento, e já haviam alertado sobre a possibilidade de reintegração.

Após a reintegração, Willians apareceu no CT Ninho do Urubu nesta quarta-feira e foi recebido com festa pelo goleiro Felipe e pelo meia Thiago Neves, que ainda estavam por lá após os trabalhos da manhã. Ele fará seu primeiro treino com o grupo agora à tarde. Mas sua presença na partida diante do Coritiba, no domingo, no Estádio Couto Pereira, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, ainda é incerta.