Com um time repleto de reservas, o Flamengo quer uma despedida honrosa do Campeonato Brasileiro no jogo deste domingo, às 17 horas, contra o Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O técnico Vanderlei Luxemburgo pediu empenho aos atletas e já avisou ao grupo que a partida vai servir para definir a permanência de alguns no elenco para a temporada de 2015. Por isso, a opção por vários suplentes.

O Flamengo já deu férias para 13 jogadores e anunciou a saída do zagueiro Chicão. O time rubro-negro viveu um ano conturbado e esteve seriamente ameaçado de cair pela primeira vez à segunda divisão nacional. Com a chegada de Luxemburgo, iniciou uma reação e deixou a lanterna da competição para ocupar a faixa intermediária da tabela de classificação.

Esse foi o principal desafio do clube no segundo semestre e, uma vez livre do descenso, houve um relaxamento do time nas últimas partidas. Isso também pesou para as mudanças no jogo deste domingo. No ataque, por exemplo, estão escalados Arthur e Elton, dois jogadores pouco vistos pela torcida durante 2014.

“Temos a rivalidade (contra o Grêmio) e é importante terminar bem a temporada”, declarou Luxemburgo. Sobre o time que vai atuar na Arena Grêmio, disse que aposta na motivação dos escolhidos. “É um time que não teve a oportunidade de jogar junto”. Ele ressaltou que vestir a camisa do Flamengo só engrandece qualquer atleta de futebol.

O goleiro Cesar, de 22 anos, vai substituir Paulo Victor e terá a sua segunda chance no profissional do Flamengo. Só havia jogado no ano passado, no empate com o Cruzeiro (1 a 1), pelo Brasileirão, no Maracanã.