Se depender de seu presidente, o Flamengo não desistirá tão cedo de pressionar o São Paulo para ficar com o troféu Copa Brasil, entregue pela Caixa Econômica Federal ao primeiro pentacampeão brasileiro.

Em solenidade na sede da Caixa Econômica Federal, no Rio, o presidente do Flamengo, Márcio Braga, reiterou que o troféu, por direito, pertence à sala de troféus do clube da Gávea.

"O Brasil inteiro sabe que o Flamengo é o primeiro pentacampeão brasileiro", disse Márcio, frisando que cabe ao São Paulo, caso receba o troféu da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), repassar a peça ao clube carioca.

O Flamengo foi campeão nacional em 1980, 1982, 1983, 1987 e 1992. A CBF, porém, não reconhece o título de 1987, quando Flamengo e Internacional disputaram a final da Copa União e deveriam, de acordo com a entidade, fazer um quadrangular com Sport e Guarani, finalistas do Módulo Amarelo. Os clubes se negaram a jogar, e Sport e Guarani representaram o Brasil na Copa Libertadores de 1988.