A ordem no Flamengo se mantém: é “fugir da confusão”. A expressão do técnico Vanderlei Luxemburgo, na prática, equivale a busca de pontos que deixem o time rubro-negro cada vez mais distante do risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time enfrenta o Bahia, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 25.ª rodada, e mesmo um empate é considerado um bom resultado para o treinador.

Isso porque ele já deixou claro que, em uma competição equilibrada, voltar para casa com pelo menos um ponto é lucro. Mas Vanderlei Luxemburgo não vai armar o time para empatar com o Bahia, que está muito mais ameaçado de cair para a Série B. No ataque, o Flamengo vai ter a volta de Eduardo da Silva, que se recuperou de contusão. Ele tem sido importante para a equipe e já marcou cinco gols em 12 partidas.

Alecsandro, com três cartões amarelos, desfalca a equipe. Mesma situação do volante Cáceres. Vanderlei Luxemburgo alertou a equipe para o momento do adversário. Que precisa vencer, pois está em uma luta mais complicada contra o descenso e terá o apoio de sua fanática torcida. Ele deixou para definir mais próximo do jogo o substituto de Cáceres. Vai escolher entre Recife, Luiz Antonio ou Amaral, que seria a última opção.