Deu empate de 1 a 1 no jogo de troca de faixas entre os campeões da Copa do Brasil, o Flamengo, e do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro, na noite deste sábado, no Maracanã. Os dois clubes começam agora a planejar a temporada de 2014, em que vão ter como prioridade a disputa da Libertadores.

O Cruzeiro, já em ritmo de férias, foi a campo com apenas um titular, o zagueiro Bruno Rodrigo, para a disputa da última rodada do Brasileirão. Mas atuou melhor no Maracanã e obrigou o goleiro Cesar, estreante no Flamengo, a fazer quatro grandes defesas para garantir o empate.

O Flamengo se apresentou com alguns de seus melhores jogadores e um deles, o atacante Hernane, ainda tinha um motivo especial para atuar. Ele pretendia fazer pelo menos três gols para tentar encerrar o Brasileirão como artilheiro da competição. Começou o jogo com 15 gols, três a menos que Ederson, do Atlético-PR.

Logo aos 13 minutos de jogo, Hernane diminuiu essa diferença e, de cabeça, abriu o placar. Mas não passou disso. Não atingiu o sonho de ser o artilheiro do Brasileirão. Mesmo assim, está com grande crédito com a torcida flamenguista, pelas atuações decisivas na conquista da Copa do Brasil.

O confronto era festivo apenas na arquibancada. Em campo, as duas equipes mostravam disposição e algum rispidez, dando trabalho para a arbitragem. Carlos Eduardo e Everton trocaram tapas e foram expulsos, deixando dez jogadores de cada lado. Houve também seis cartões amarelos.

O final de temporada, com excesso de jogos e um calendário questionável, mostrou suas garras para o Flamengo, que terminou o Brasileirão com 49 pontos. Com 50 minutos de partida, o time carioca já tinha feito três substituições, todas por contusão. Saíram machucados Paulinho, Amaral e Samir. Vão ter de passar alguns dias de férias com bolsas de gelo na bagagem.

O Cruzeiro empatou num belo gol de Souza. Aos 19 minutos do segundo tempo, ele driblou dois adversários e chutou de fora da área. Cesar não conseguiu alcançar a bola. Assim, o campeão antecipado terminou o campeonato com 76 pontos. Se tivesse vencido neste sábado, igualaria o número de pontos do São Paulo, que detém esse recorde desde que o Brasileirão começou a ser disputado com 20 clubes no sistema de pontos corridos – em 2006, o time paulista somou 78 pontos.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1 X 1 CRUZEIRO

FLAMENGO – César; Leonardo Moura, Samir (Chicão), Gonzalez e André Santos; Amaral (Diego Silva), Luiz Antônio, Carlos Eduardo e Nixon; Paulinho (Bruninho) e Hernane. Técnico – Jayme de Almeida.

CRUZEIRO – Rafael; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Everton; Leandro Guerreiro (Elber), Souza, Tinga (Lucas Silva) e Júlio Baptista; Luan e Vinícius Araújo (Lucca). Técnico – Marcelo Oliveira.

GOLS – Hernane, aos 13 minutos do primeiro tempo; Souza, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Paulo Godoy Bezerra (SC).

CARTÃO AMARELO – Leonardo Moura, Bruno Rodrigo, Luiz Antonio, Luan, Vinícius Araújo e Julio Baptista.

CARTÃO VERMELHO – Carlos Eduardo e Everton.

RENDA – R$ 1.304.305,00.

PÚBLICO – 36.624 pagantes.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio.