São Paulo – O Finasa venceu na sexta-feira o Sesi Esporte, por 3 sets a 0, e manteve a liderança da Superliga feminina de vôlei. A equipe do técnico José Roberto Guimarães superou o adversário pelas parciais de 25/20, 25/18 e 25/22. A partida foi realizada no Ginásio do Sesi, em Uberlândia.

Mari, atacante mais eficiente da competição, ficou com o Troféu VivaVôlei. "Nessa Superliga é o primeiro troféu, mas espero outros pela frente. O jogo foi mais equilibrado do que esperávamos. O ginásio estava muito quente e a bola ficou leve. Complicou para o nosso time", explicou a jogadora.

Com a vitória, o Finasa continua sem perder nenhum set na competição. Já são cinco vitórias por 3 sets a 0. "A partida foi tranqüila. Controlamos o jogo e defendemos bem. Consegui fazer o rodízio com várias jogadoras que não vinham atuando, o que será importante para os próximos jogos", disse Zé Roberto.

A nota triste da partida foi a lesão da jogadora do Sesi, Keka, que segundo os médicos da equipe rompeu um dos ligamentos do joelho esquerdo ainda no primeiro set. O problema é similar ao que a ponta Paula, do Finasa, enfrentou no início do ano. "Nesse primeiro momento, ela vai negar e chorar muito. Mas tem de reunir forças para a recuperação", disse Paula, após conversar com a atleta do Sesi, que foi carregada para o vestiário chorando.

O time paulista teve dificuldade no primeiro set. Após abrir 21 a 12, o Finasa se desconcentrou e permitiu reação do Sesi. As mineiras aproveitaram o bom saque da levantadora Lu e marcaram seis pontos consecutivos, fazendo 21 a 18. Ironicamente, a parcial terminou com um erro de saque mineiro.

O Finasa começou o segundo set desconcentrado, mas abriu vantagem a partir do décimo ponto. O time fechou a parcial com um saque de Bia, em 25 a 18. No último set, a equipe de Osasco começou bem e abriu oito pontos (19 a 11). Com as reservas do time paulista em quadra, o Sesi encostou e chegou a ficar a apenas um ponto do Finasa, 23 a 22. Após um longo rali, Luciana fechou o set em 25 a 22.

O Finasa começou com Ana Cristina, Bia, Érika, Mari, Carol, Valeskinha e a líbero Arlene. Entraram Luciana, Paula Pequeno, Dani e Nikolle. A equipe voltou ontem para Osasco e volta somente amanhã aos treinamentos.