Irmão do judoca Tiago Camilo, o tenista Rafael Camilo surpreendeu ao chegar à final do Aberto de São Paulo, no qual foi derrotado por 2 sets a 0 pelo campeão Ricardo Mello. O feito o fez subir 137 posições no ranking mundial que foi atualizado nesta segunda-feira pela ATP. Ele agora ocupa a 306.ª posição, com 147 pontos, um atrás do compatriota Fernando Romboli, que tem 148.

Já Ricardo Mello, mesmo batendo a jovem revelação de 20 anos na decisão do torneio paulistano, seguiu estacionado na 76.ª posição, com 627 pontos. Ele é o tenista número 2 do Brasil, atrás no País apenas de Thomaz Bellucci, que permaneceu em 31.º, com 1,355. Marcos Daniel, por sua vez, continuou em 96.º, com 564 pontos.

Já entre os principais nomes do tênis mundial, o espanhol Rafael Nadal segue absoluto na ponta, com 12.390 pontos, seguido de longe pelo suíço Roger Federer, que chegou aos 9.245 na vice-liderança depois de conquistar o título do Torneio de Doha no último sábado. Já o sueco Robin Soderling, campeão do Torneio de Brisbane no domingo, pulou da quinta para a quarta posição do ranking, rebaixando o britânico Andy Murray para o quinto posto.

Ranking da ATP, 10/1:

1.º Rafael Nadal (ESP), 12.390 pontos

2.º Roger Federer (SUI), 9.245

3.º Novak Djokovic (SER), 6.240

4.º Robin Soderling (SUE), 5.785

5.º Andy Murray (GBR), 5.760

6.º Tomas Berdych (RCH), 3.955

7.º David Ferrer (ESP), 3.735

8.º Andy Roddick (EUA), 3.565

9.º Fernando Verdasco (ESP), 3.240

10.º Mikhail Youzhny (RUS), 2.920

11.º Jurgen Melzer (AUT), 2.785

12.º Gael Monfils (FRA), 2.560

13.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.345

14.º Nicolas Almagro (ESP), 2.160

15.º Marin Cilic (CRO), 2.140

16.º Mardy Fish (EUA), 1.996

17.º Ivan Ljubicic (CRO), 1.965

18.º Sam Querrey (EUA), 1.860

19.º Stanislas Wawrinka (SUI), 1.855

20.º John Isner (EUA), 1.850

31.º Thomaz Bellucci (BRA), 1.355

76.º Ricardo Mello (BRA), 627

96.º Marcos Daniel (BRA), 564

111.º João Souza (BRA), 512

159.º Rogério Dutra Silva (BRA), 336

170.º Thiago Alves (BRA), 324

200.º Júlio Silva (BRA), 251

234.º Ricardo Hocevar (BRA), 204

263.º Caio Zampieri (BRA), 178

305.º Fernando Romboli (BRA), 148

306.º Rafael Camilo (BRA), 147I