Florianópolis – O Figueirense manteve o aproveitamento de 100% em casa. Com um gol marcado aos seis do segundo tempo, contra o São Caetano, o Figueira é vice-líder com 12 pontos.

O primeiro tempo foi caracterizado pela falta de criatividade e iniciativas que pudessem empolgar o bom público presente ao Estádio Orlando Scarpelli. Um futebol que ficou aquém da expectativa gerada pela importância do confronto, pobre e de raras ações ofensivas.

O Figueirense mudou o panorama depois que marcou o seu gol através do oportunista Rodrigo. O centroavante interceptou uma falta cobrada por Sérgio Manoel e chutou duas vezes até vencer o goleiro Sílvio Luiz.

A partir da vantagem, o jogo ficou mais aberto e dinâmico. O São Caetano se lançou ao ataque com mais freqüência e vontade para tirar a vantagem do alvinegro, mas não conseguiu.

Ficha técnica
Gols:
Rodrigo aos 6 do 2.º tempo.
Figueirense: Édson Bastos; Paulo Sérgio, Márcio Goiano, Eloy e Filipe; Jeovânio, Bilu, Sérgio Manoel e Fernandes (Nenê/Márcio Martins); Izaias (Felipe Oliveira) e Rodrigo. Técnico: Dorival Júnior.
São Caetano: Sílvio Luiz; Thiago (Fábio Santos), Gustavo e Serginho; Marcelo Mattos, Euler (Somália), Lúcio Flávio, Fabrício Carvalho e Triguinho; Mateus (Anailton) e Marcos Aurélio. Técnico: Muricy Ramalho.