O Corinthians pediu à prefeitura a liberação do sambódromo do Anhembi para festejar a conquista do Mundial com seus torcedores na terça-feira, mas como o local está indisponível o clube tenta a liberação do estádio do Pacaembu.

A confirmação do local, palco principal dos jogos do Corinthians como mandante, só será divulgada no final da tarde desta segunda-feira. Depende de aprovação do prefeito Gilberto Kassab (PSD), que ainda não definiu se vai se encontrar os campeões mundiais.

A delegação corintiana retorna ao Brasil amanhã de manhã -desembarca às 7h05, no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Depois vai desfilar em um trio elétrico, como fez o Palmeiras quando ganhou a Copa do Brasil. O trajeto ainda não foi divulgado.

O Corinthians deixou o Japão na noite de domingo no Brasil (manhã de segunda-feira no país oriental). Embarcou no aeroporto de Narita, próximo a Tóquio, e por volta do meio-dia (de Brasília) de hoje chegou em Frankfurt, na Alemanha, onde fará escala de oito horas antes de seguir viagem até São Paulo.

No domingo, o time corintiano derrotou o Chelsea por 1 a 0, em Yokohama, e faturou o Mundial de Clubes pela segunda vez em sua história. Antes, havia vencido em 2000, quando a Fifa assumiu a organização e o torneio foi no Brasil.