O espanhol David Ferrer confirmou o seu favoritismo e se classificou para as oitavas de final do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, disputado em quadras rápidas. Nesta sexta-feira, o número 5 do mundo derrotou o cipriota Marcos Baghdatis, 35º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 6/3, em 1 hora e 57 minutos.

Em busca de uma vaga nas quartas de final do Aberto da Austrália, Ferrer vai enfrentar o japonês Kei Nishikori, que nesta sexta superou o russo Evgeny Donskoy (7/6, 6/2 e 6/3). O espanhol está em desvantagem de 2 a 1 no confronto direto com o número 18 do mundo.

Nesta sexta, Ferrer soube aproveitar o excesso de erros não-forçados de Baghdatis – 42 – para triunfar. O espanhol teve 30 equívocos, mas terminou o duelo com cinco aces e 25 winners, contra quatro aces e 19 bolas vencedoras do adversário. Além disso, foi superior nos momentos de definição ao converter seis de nove break points, diante de apenas dois de cinco do tenista cipriota.