Acabar com a sina de ser derrotado em partidas fora da Arena, pontuar para melhorar a situação na tabela de classificação e, ainda por cima, manter o mini-tabu de não perder para o rival, em campeonatos brasileiros, desde 2003. É com toda essa motivação que o Atlético entrará em campo, hoje à tarde, no Couto Pereira, para desbancar o favoritismo do Coritiba.

Se no âmbito geral a motivação é grande, um jogador em especial ganhou uma dose extra de incentivo para esse Atletiba. O meia-atacante Ferreira, que há pouco tempo era apontado como o principal jogador do Furacão, foi convocado para defender a seleção de seu país nos dois jogos válidos pelas eliminatórias da Copa de 2010, dias 11 e 15 de outubro. Assim, o colombiano desfalcará o Atlético por uma rodada, no importante confronto com o Fluminense na Arena.

Para compensar a ausência, Ferreira terá que apagar essa má fase pela qual passa e reviver seus melhores momentos já neste domingo contra o Coxa. E, quem sabe, voltar a calar a galera alviverde como fez no início do ano, quando marcou um golaço no Couto Pereira.

“É uma grande alegria ter uma nova chance com o novo técnico da seleção. É uma motivação a mais. Vou dar o meu melhor nesse jogo difícil (Atletiba). Com certeza, o Atlético vai apresentar um bom futebol e conquistar o resultado, porque precisamos. No domingo espero que o Atlético saia muito feliz do campo”, afirmou.

Tranqüilidade

Sobre a sua atual fase, Ferreira explicou que não voltou bem fisicamente dos Emirados Árabes, mas que aos poucos está readquirindo sua melhor forma. “Quando você passa por uma fase que não é boa, tem que manter a tranqüilidade. Se me desesperar, não poderei render meu melhor”, explicou o colombiano que neste Atletiba poderá voltar a integrar o ataque rubro-negro ao lado de Rafael Moura.

O posicionamento de Ferreira, no meio-campo ou no ataque, ainda não foi definido por Geninho, apesar do colombiano preferir a meia-cancha. Devido aos problemas que o treinador teve durante a semana para a montagem de seu time, a escalação de quem enfrentará o Coritiba somente deverá ser conhecida momentos antes do jogo.

Isso porque a dúvida no ataque reflete na montagem do meio-campo. Também há uma indecisão sobre quem atuará na lateral direita, pois Alberto passará por uma nova avaliação após sentir dores musculares.