enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Feras do triatlo estarão em Santos

  • Por Redação O Estado Do Paraná
Carla Moreno, favorita.

A temporada 2003 do Troféu Brasil de Triatlo começa neste domingo, dia 16, na Praia do Gonzaga, em Santos (SP), a primeira das cinco etapas programadas ao longo do ano. E na primeira disputa da competição, considerada uma das mais fortes do país, nada mais justo do que a presença dos atletas da equipe Pão de Açúcar Club de Triatlo. Fernanda Keller, seis vezes vencedora do circuito, Carla Moreno, tetracampeã, Gisele Bertucci e Santiago Ascenço estarão disputando a categoria profissional, com percurso de 1,5 km de natação, 40 km de ciclismo e 10 km de ciclismo e largada às 9h15.

Fernanda Keller tem se dedicado às provas mais longas, especialmente às do Circuito Ironman. Mesmo assim, a competidora confirmou a participação na prova de abertura do Troféu Brasil para fortalecer o trabalho de base. “As provas curtas servem, no meu caso, de preparação para o Ironman. Por isso, acho fundamental estar no Troféu Brasil. Gosto de competir em provas com distâncias olímpicas e sem vácuo, como acontece em Santos, porque um Ironman não dá para se disputar todo mês”, afirma a triatleta fluminense. Com relação ao ritmo de treinamento, Fernanda explica que ainda está na fase do treinamento de base. “Estou fazendo o trabalho de base neste momento, com 400km de ciclismo, 70 km de corrida e 30km de natação por semana. É esse ritmo que vai possibilitar enfrentar os desafios do ironman”, completa.

Tetracampeã do Troféu Brasil, Carla Moreno vai usar as técnicas aprendidas no intercâmbio com triatletas estrangeiros para tentar conquistar a primeira etapa do Troféu Brasil de Triathlon?2003, “O meu técnico, Antônio Carlos (Cali), tem uma parceria com os australianos. É muito bom porque há uma troca de informações. Me atualizo quando eles vêm para o Brasil e treinam com a gente no Centro de Treinamento Pecuária Dahma, em São Carlos, onde elas também aprendem alguma coisa com a gente”, declara.

Carla, de 28 anos, conquistou a medalha de prata no Pan-Americano de Winnipeg em 1999 e disputou os Jogos Olímpicos de Sydney. “Quero disputar ainda nesse ano o Triathlon de Pittsburgh, nos Estados Unidos, e o Pan-Americano de Santo Domingo, na República Dominicana. Vou me preparar bem para ganhar medalhas e o Troféu Brasil será importante nesse sentido.

No meu treinamento não sigo planilhas, faço o que o treinador manda e sigo os limites do meu corpo. É assim que se faz um campeão”, diz a triatleta. A paulista radicada no Paraná Gisele Bertucci completa a relação de competidoras do Pão de Açúcar Club na primeira etapa do Troféu Brasil 2003.

Ela foi campeã brasileira e sul-americana júnior em 2000, vice-campeã brasileira adulta em 2001 e medalha de ouro por equipe nos Jogos Sul-Americanos de 2002. Gisele terminou o Troféu em segundo lugar no ano passado, atrás somente de Carla Moreno, fato que a qualifica como uma das atrações da equipe.

Santiago quer confirmar a boa fase

Vice-campeão do Triatlo Internacional de Santos, o goiano Santiago Ascenço, um dos mais respeitados triatletas do país, quer confirmar o bom momento na prova de abertura do Troféu Brasil de Triathlon 2003. Para o triatleta nascido em Nerópolis, a competição é a maior vitrine nacional da modalidade. “O Troféu Brasil é a grande prova do calendário. Através dela a sua imagem chega ao grande público e, ainda por cima, eu tenho um carinho especial, pois participo da prova desde 1997, quando ainda era amador”, afirma.

Com um currículo recheado de conquistas, entre elas os títulos do Triathlon Internacional de Santos TPT?2003, do Triatlo de Jurerê em 2002, do Mundial Júnior de Duathlon em 1999 e 2000, do Brasileiro Júnior em 1999 e 2000, além do 10.º lugar no Campeonato Mundial Triathlon Júnior em 2000, em Perth, Austrália, Santiago vai em busca de outros resultados positivos, em especial do inédito primeiro lugar em Santos.

“Faço em média 28 Km de natação, 60 km de corrida e 300 km de ciclismo por semana, num ritmo incrível. Quero que no dia da prova faça muito, mas muito calor mesmo. Já estou acostumado com as altas temperaturas de Goiás e o sol forte será meu aliado. Tenho de estar bem preparado para o dia 22 de março, quando será disputado o Pré-Olímpico, em Fortaleza, mas sem deixar de lado o Troféu Brasil”, encerra.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas