Viena – O atacante Ronaldo se reuniu na quarta-feira com o austríaco Dietrich Mateschitz, fundador da marca de bebidas energéticas Red Bull (aquele do slogan ?te dá asas?) e proprietário de duas equipes de futebol, o que despertou especulações sobre uma possível saída do astro brasileiro do Real Madrid.

Em declarações ao jornal Salzburger Nachrichten, em sua edição de ontem, Mateschitz confirmou que apenas conversou com Ronaldo por ele ser um bom amigo. ?Estivemos em contato por motivos de amizade, não porque estávamos negociando alguma forma de contrato?, explicou o empresário.

Mateschitz, terceiro homem mais rico da Áustria com uma fortuna superior a US$ 2 bilhões, possui dois clubes de futebol (Red Bull de Salzburgo, na Áustria, e o recém-adquirido Red Bull New York) e duas escuderias de Fórmula 1 (Red Bull e Toro Rosso).