A Juventus se afastou da luta pela liderança do Campeonato Italiano ao ser goleada pelo Parma por 4 a 1, em Turim, nesta quinta-feira, na abertura da 18ª rodada da competição, em partida que ficou marcada pela expulsão do volante brasileiro Felipe Melo após agredir um adversário.

Com a derrota, a Juventus segue com 31 pontos, na quarta colocação, mas ainda pode ser ultrapassada pela Roma. Já o Parma ganhou um alívio na luta contra o rebaixamento no Campeonato Italiano. Com a surpreendente goleada, a equipe chegou aos 22 pontos e ocupa provisoriamente a décima colocação.

A expulsão de Felipe Melo aconteceu quando a partida estava empatada em 0 a 0, aos 18 minutos do primeiro tempo. Depois de disputa de bola, caído no chão, Felipe Melo agrediu Paci ao acertá-lo com a sola da chuteira na cara. Em vantagem numérica, o Parma abriu o placar aos 41 minutos. Zaccardo cruzou para Crespo, que cabeceou. Storari fez a defesa, mas Giovinco pegou o rebote e finalizou: 1 a 0.

O Parma marcou o segundo gol logo no começo do segundo tempo. Aos três minutos, após cruzamento, Giovinco chutou cruzado e fez o seu segundo gol na partida. A Juventus esboçou uma reação, acertou uma bola na trave e diminuiu o placar aos 14 minutos. Aquilani cobrou escanteio e Legrottaglie marcou de cabeça.

Porém, o Parma fez o terceiro gol aos 16 minutos em cobrança de pênalti convertida por Crespo. E a vitória se tornou goleada no último lance da partida. Aos 46 minutos, Zaccardo passou para Palladino, na grande área, apenas empurrar para as redes, definindo o triunfo por 4 a 1.