O brasileiro Felipe França se classificou nesta terça-feira para a final dos 50 metros peito no Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Xangai, com o segundo melhor tempo das semifinais. Na sua bateria, ele registrou o tempo de 26s95 e ficou atrás apenas do sul-africano Cameron Van Der Burgh, que é o recordista mundial, com 26s90.

Felipe França é o atual vice-campeão mundial da prova e tentará voltar a subir ao pódio na quarta-feira, depois de decepcionar nos 100 metros peito e ficar fora da final. O norueguês Alexander Dale Oen avançou na terceira colocação, com 27s33. Já o italiano Fabio Scozzoli, que venceu a primeira bateria das semifinais, avançou em quarto lugar, com 27s37.

O Brasil ficou fora da final dos 200 metros borboleta no Mundial de Xangai. Classificados parta as semifinais, Kaio Mário e Leonardo de Deus não conseguiram avançar para a decisão. Kaio terminou em 10º lugar (1min56s06), enquanto Leonardo, que havia sido o segundo mais rápido das eliminatórias, ficou apenas na 13ª posição (1min57s58).

O norte-americano Michael Phelps, que já havia faturado a medalha de prata nos 200 metros livre nesta terça-feira, voltou a competir e se garantiu na final dos 200 metros borboleta, que será disputada na quarta-feira, em terceiro lugar, com 1min54s85. O astro foi batido por dois nadadores asiáticos. O japonês Takeshi Matsuda foi o mais rápido das semifinais (1min54s30), seguido pelo chinês Yin Chen (1min54s80).

OUTROS RESULTADOS – A prova dos 100 metros costas registrou um raro empate nesta terça-feira. Os franceses Camille Lacourt e Jeremy Stravius completaram a prova com o tempo de 52s76 e assim dividiram a primeira colocação da disputa. O japonês Ryosuke Irie faturou a medalha de bronze, com 52s98.

A chinesa Zhao Jing fez a alegria da torcida local ao faturar a medalha de ouro na prova dos 100 metros costas com o tempo de 59s05. Ela superou a russa Anastasia Zueva por apenas 1 centésimo (59s06). A norte-americana Natalie Coughlin faturou a medalha de bronze com 59s15. Campeã em 2009 e recordista mundial, a britânica Gemma Spofforth não competiu na prova por conta de uma intoxicação alimentar.

A norte-americana Rebecca Soni defendeu com sucesso o seu título mundial dos 100 metros peito ao vencer a final nesta terça-feira com o tempo 1min05s05. Campeã olímpica em 2008, a australiana Leisel Jones ficou em segundo lugar, seguida da chinesa Ji Liping.

Vice-campeã em 2009, a dinamarquesa Lotte Fris venceu a disputa dos 1.500 metros livre com o tempo 15min49s59. A norte-americana Kate Ziegler, que é a recordista mundial, faturou a medalha de prata e a chinesa Li Xuanxu completou o pódio.

QUADRO DE MEDALHAS – Após a disputa das finais desta terça-feira, o quadro de medalhas do Mundial de Esportes Aquáticos segue sendo liderado pela China, com 12 medalhas de ouro, 11 de prata e quatro de bronze. A Rússia ocupa a segunda colocação, com sete ouros, quatro pratas e três bronzes, seguida pelos Estados Unidos, com quatro ouros, quatro pratas e quatro bronzes.

O Brasil está em quinto lugar no quadro de medalhas do Mundial de Xangai. O País faturou dois ouros, com Ana Marcela Cunha, na prova dos 25 quilômetros da maratona aquática, e Cesar Cielo, na disputa dos 50 metros borboleta.