Roger Federer faturou nesta quinta-feira sua 11ª vitória em 11 jogos contra o alemão Philipp Kohlschreiber e avançou às quartas de final do Torneio da Basileia, de nível ATP 500. Em mais um confronto complicado contra o “freguês”, o tenista da casa venceu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/4, em 1h38min.

Nas quartas de final, Federer vai enfrentar o belga David Goffin, atual número 17 do mundo. No confronto direto, o suíço tem vantagem de 2 a 0, com vitórias em 2012 e 2014 sobre o tenista da Bélgica, fã declarado do atual 3º colocado do ranking.

Para vencer sua segunda partida na Basileia, Federer precisou mostrar mais do que exibiu do seu repertório na estreia. Após vencer o set inicial, sem ter o saque ameaçado, o suíço chegou a perder o saque na segunda parcial. Mais agressivo, o alemão equilibrou o jogo e, depois de 4/4, faturou a quebra e igualou o jogo.

Depois do susto, Federer se recuperou no terceiro set, com seu poderoso saque. Dos 13 aces que anotou na partida, oito foram nesta parcial. Ele colocou em quadra 87% do primeiro serviço e, com eles, acertou 85% dos pontos. Neste ritmo, não teve o saque ameaçado. E ainda aproveitou a única chance dada por Kohlschreiber no set para faturar a quebra e confirmar a vitória.

Também avançaram às quartas de final o francês Richard Gasquet e o croata Marin Cilic. Gasquet bateu o austríaco Dominic Thiem por 7/6 (7/1) e 6/4, enquanto o campeão do US Open de 2014 superou o russo Teymuraz Gabashvili por 6/3 e 6/1. Irá enfrentar o espanhol Rafael Nadal na sequência. Gasquet terá pela frente o croata Ivo Karlovic, que eliminou o sérvio Dusan Lajovic por 7/6 (7/4) e 7/5.

Os norte-americanos Donald Young e Jack Sock eliminaram favoritos para avançar na chave suíça e confirmar o confronto nas quartas. Young superou o sul-africano Kevin Anderson, quarto cabeça de chave, por 6/2 e 7/6 (8/6). Sock, por sua vez, desbancou o compatriota John Isner por 7/6 (7/5) e 6/3.

DUPLAS – Nadal foi eliminado nas quartas de final da chave de duplas, jogando ao lado do também espanhol Marc López. Eles foram derrotados pelo holandês Jean-Julien Rojer e pelo romeno Horia Tecau por 7/5 e 7/6 (7/5).