Roger Federer levou um pequeno susto no segundo set, mas confirmou favoritismo diante do sul-africano Kevin Anderson para garantir vaga nas quartas de final do Masters 1000 de Roma, nesta quinta-feira, ao vencer com parciais de 6/3 e 7/5.

Segundo cabeça de chave da competição realizada em quadras de saibro na capital italiana, o tenista suíço assim se credenciou para encarar na próxima fase o vencedor da partida entre o italiano Fabio Fognini e o checo Tomas Berdych, também programada para ser encerrada nesta quinta.

Essa foi a terceira vitória de Federer em três duelos diante de Anderson no circuito profissional, sendo que o sul-africano hoje é o 16º tenista do mundo e anteriormente havia sido batido pelo poderoso rival nos Masters 1000 de Paris de 2013 e de Indian Wells de 2014.

Neste novo embate, Federer exibiu eficiência no saque no primeiro set e converteu um de três break points para garantir a vantagem inicial de 6/3.

Em seguida, na segunda parcial, o atual vice-líder do ranking mundial parecia encaminhar um triunfo tranquilo ao conseguir duas quebras de serviço e abrir 5/2. Porém, o suíço teve um “apagão”, levou duas quebras consecutivas e o sul-africano chegou a empatar em 5/5. Na sequência, entretanto, o recordista de títulos de Grand Slam voltou a converter um break point e depois finalmente confirmou o seu serviço para fazer o 7/5 que liquidou a partida.

MURRAY DESISTE – Campeão de dois torneios seguidos disputados em piso de saibro, em Munique e depois em Madri, Andy Murray acabou anunciando nesta quinta-feira a sua desistência do Masters de Roma. O britânico alegou desgaste para não enfrentar o belga David Goffin nas oitavas de final da competição.

“Estou cansado, meu corpo está cansado”, disse Murray, que depois enfatizou: “É completamente normal e acho que é aceitável me sentir assim depois das últimas semanas”. Nestas semanas, por sinal, o escocês ganhou os seus únicos títulos até hoje em quadras de saibro, onde não costumava se sentir à vontade como em outros pisos. “Não esperava fazer o que fiz nas últimas semanas. Meu corpo nunca havia sido submetido a isso no saibro”, admitiu.

Ao não precisar enfrentar o terceiro cabeça de chave em Roma, Goffin venceu por W.O. e chegará descansado para disputar as quartas de final nesta sexta para encarar o espanhol David Ferrer, que nesta quinta arrasou o seu compatriota Guillermo Garcia-Lopez por 6/1 e 6/3.

Outro tenista de destaque que se garantiu nas quartas de final em jogo já encerrado nesta quinta-feira foi Stan Wawrinka. Oitavo cabeça de chave, o suíço superou o austríaco Dominic Thiem por 2 sets a 0, com 7/6 (7/3) e 6/4, e terá como próximo rival o espanhol Rafael Nadal, que no primeiro jogo do dia eliminou o norte-americano John Isner por duplo 6/4.