Sem maiores problemas, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya confirmaram favoritismo no torneio de duplas do ATP 250 de Hamburgo, nesta quarta-feira, na Alemanha. Cabeças de chave número 2 da competição, os dois tenistas venceram o francês Jeremy Chardy e o polonês Lukasz Kubot por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5.

Com o triunfo obtido na primeira rodada, Soares e Peya se credenciaram para enfrentar na próxima fase os ganhadores da partida entre a dupla formada pelo croata

Marin Draganja e o finlandês Henri Kontinen e a parceria firmada pelo eslovaco

Martin Klizan e o checo Lukas Rosol. O confronto também está programado para acontecer nesta quarta.

No duelo diante de Chardy e Kubot, o brasileiro e o austríaco confirmaram todos os seus serviços e conquistaram uma quebra de saque em cada set para encaminhar o triunfo em apenas 1h04min. Eles ainda salvaram quatro break points no duelo e acumularam quatro aces.

O resultado obtido pelos dois tenistas também freou o embalo de Chardy e Kubot, que na semana passada se sagraram campeões do Torneio de Bastad, na Suécia.

SIMPLES – A chave de simples do Torneio de Hamburgo teve quatro jogos já encerrados nesta quarta-feira. Um deles definiu qual será o segundo adversário do espanhol Rafael Nadal, cabeça de chave número 1. Trata-se do checo Jiri Vesely, que derrotou o austríaco Andreas Haider-Maurer por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 6/1 e 6/0. Na última terça, Nadal também estreou com vitória de virada, mas sobre o seu compatriota Fernando Verdasco.

Já o espanhol Roberto Bautista Agut e o argentino Juan Monaco não conseguiram justificar a condição de respectivos terceiro e sexto pré-classificados da competição. O primeiro deles foi superado pelo britânico Aljaz Bedene, que venceu por 2 sets a 0, com 7/6 (7/2) e 7/6 (9/7). Já Monaco acabou surpreendido pelo francês Lucas Pouille, que veio do qualifying e ganhou por 6/1 e 7/5, também pela segunda rodada.

Já em partida válida ainda pela primeira fase na Alemanha, o uruguaio Pablo Cuevas, quinto cabeça de chave, abriu a sua campanha batendo o argentino Diego Schwartzman por 7/6 (7/4) e 6/4.